Acreditem se quiser (3)


Pois bem…não é que as mosquinhas se comportam como nós? Tudo bem que muita gente também se comporta como mosca morta, mas enfim…*rs*

Moscas sem sexo buscam consolo no álcool

Ela não quis transar com você? Encha a cara! Esse é o curioso recado que as moscas-das-frutas deram agora para os humanos –embora não seja algo propriamente novo entre o Homo sapiens.

Mas, além de uma curiosidade científica, é algo que poderá ajudar no tratamento de problemas como alcoolismo, vício em drogas e obesidade.

Pesquisadores demonstraram que machos de moscas do gênero Drosophila que eram impedidos de fazer sexo comiam mais comida “temperada” com álcool. Já machos que tinham sexo à vontade mostravam pouco interesse em ficar “calibrados”.

Sexo, álcool e drogas são formas de “recompensa” para o cérebro. Na falta de um, o outro pode ser uma consolação, segundo o estudo publicado na revista “Science”.

Mas que mecanismo bioquímico poderia estar por trás disso? A equipe, que teve como principal autora a pesquisadora Galit Shohat-Ophir, da Universidade da Califórnia, foi atrás de potenciais moléculas envolvidas, e descobriu que o “culpado” era o neurotransmissor chamado NPF (neuropeptídeo F).

Moscas macho que faziam sexo consumiam menos álcool e tinham maiores níveis de NPF. Moscas sem sexo consumiam mais álcool e tinham menores níveis de NPF.

Os humanos têm uma molécula semelhante, NPY (neuropeptídeo Y), também vinculada a questões de vício em drogas, álcool e prazer em geral criado por interações sociais ligadas à recompensa.

“Em mamíferos, incluindo seres humanos, o NPY pode ter um papel semelhante. Se for o caso, seria possível argumentar que a ativação do sistema de NPY poderia reverter os efeitos nocivos de experiências traumáticas e estressantes, que frequentemente levam ao abuso de drogas”, disse Shohat-Ophir.

“Humanizar” os resultados da pesquisa é algo difícil de colocar de lado, diz o autor de um comentário sobre a pesquisa publicado na mesma edição da “Science”, Troy Zars, da Universidade de Missouri. “Mas sua relevância para o comportamento humano obviamente ainda não está estabelecida”, conclui.

A estupidez humana…e seus efeitos nefastos (3)


Exatamente uma semana atrás comemorou-se o dia das mulheres…puxa, quanta coisa a se comemorar…

Suicídio de jovem forçada a casar com seu estuprador causa protestos

Ativistas marroquinos intensificaram a pressão para derrubar a lei que permite que estupradores casem com suas vítimas depois que uma menina de 16 anos cometeu suicídio. Amina Al Filali usou veneno de rato para tirar a própria vida após ficar casada por cinco meses com o homem que a violentou e que, desde a união permanente, a agredia fisicamente.

Uma petição online e uma manifestação prevista para este sábado (17) tratam da lei como “constrangedora” para o país. Os ativistas querem a suspensão do Artigo 475 da lei local que permite que estupradores escapem da prisão se eles aceitarem “restaurar as virtudes” da vítima – ou seja, se se casarem com ela.

Estuprada aos 15 anos, Amina foi obrigada a se casar com seu estuprador com apoio de um juiz. Pela lei do Marrocos, o crime de estupro é punido com 10 anos de prisão, chegando a 20 se a vítima for menor de idade.

“O artigo 475 é constrangedor para a imagem internacional de modernidade e democracia no Marrocos”, disse à BBC Fouzia Assouli, presidente da Liga Democrática do Marrocos para os Direitos da Mulher. “No Marrocos, a lei protege a moralidade pública, mas não o indivíduo”, acrescentou Assouli.

Ela afirma ainda que legislação proibindo todas as formas de violência contra as mulheres, incluindo estupro dentro do casamento, está para ser implementada desde 2006.

Deserdada

A jornalista da BBC em Rabat, Nora Fakim, diz que em partes conservadoras do Marrocos é inaceitável para uma mulher perder a virgindade antes do casamento –e a desonra é dela e de sua família, mesmo que ela seja vitima de estupro. Amina veio da pequena cidade de Larache, perto de Tânger, ao norte do país.

A idade legal do casamento em Marrocos é de 18 anos, salvo se houver “circunstâncias especiais” –que é a razão pela qual Amina era casada, apesar de ser menor de idade.

A imprensa local diz que a menina queixou-se a sua família sobre maus tratos, mas acabou deserdada, o que teria provocado o suicídio.

Testemunhas afirmam que o marido ficou tão indignado quando Amina tomou o veneno que a arrastou pelos cabelos pela rua –e ela morreu pouco depois.

Ativistas estão pedindo que o juiz que permitiu o casamento e o estuprador sejam presos.

Estudo governamental realizado no último ano dá conta de que cerca de um quarto das marroquinas sofreram ataques de ordem sexual ao menos uma vez durante suas vidas.

Menina morre de sangramento interno depois de casamento forçado no Iêmen, diz ONG

Uma menina iemenita de 13 anos de idade morreu de hemorragia interna três dias depois de ter sido obrigada a casar, informaram grupos de defesa dos direitos humanos do Iêmen. Segundo agências de notícias, o sangramento teria ocorrido depois de uma relação sexual. O caso ocorre em meio ao debate sobre a determinação de uma idade mínima para que as meninas se casem no Iêmen, onde mais de um quarto delas se casam com menos de 15 anos de idade. Uma lei de 2009 determinou a idade mínima como 17 anos, mas foi rejeitada depois que alguns legisladores afirmaram que ela é anti-islâmica. Uma decisão final deverá ser tomada ainda neste mês. As autoridades do Iêmen não confirmaram a morte. A menina, que teria se casado com um homem na faixa dos 20 anos de idade, morreu no oeste do país, na semana passada, segundo o grupo de defesa dos direitos humanos Fórum das Irmãs Árabes (SAF, na sigla em inglês). Em uma declaração obtida pela agência de notícias Reuters, a diretora regional do Unicef, Sigrid Kaag, disse que a agência da ONU está “horrorizada com a morte de mais uma menina noiva no Iêmen”. Grupos de defesa dos direitos humanos vêm pressionando as autoridades para proibir o casamento de crianças arranjado pelas famílias no Iêmen, que tem uma estrutura social tribal.

Estupros grupais contra meninas chocam delegada

Dois casos de estupro grupal cometidos por adolescentes contra meninas de 12 e 13 anos registrados em menos de uma semana pela Polícia Civil de Sorocaba, a 107 km de São Paulo, chamam a atenção da sociedade, mas também de pessoas que convivem rotineiramente em seus trabalhos com os mais diversos crimes, como a delegada titular da Delegacia de Defesa da Mulher de Sorocaba (DDM), Jaqueline Coutinho.

No primeiro caso, que teria ocorrido em dezembro, mas denunciado apenas na última semana, uma menina de 12 anos foi estuprada por cinco adolescentes – todos estudantes da mesma escola, e teve o abuso filmado e postado na internet. Já no segundo, uma garota de 13 anos marcou o encontro com um rapaz através da internet e foi arrastada para um terreno baldio, onde foi abusada sexualmente pelo adolescente e mais cinco amigos dele.

Apesar das semelhanças dos crimes, a delegada da DDM não acredita que um tenha motivado o outro. “Não há ligações entre eles. São dois casos isolados, com autores diferentes. Um teria sido cometido através de ameaças, já no outro, pelo que soube, houve violência física”, explica.

Jaqueline Coutinho revela que ficou impressionada com as agressões sexuais cometidas contra as duas meninas na cidade. “Acho um absurdo, fico impressionada. Nos dois casos houve co-autoria, ou seja, mais de um jovem cometendo o mesmo crime. O que salta aos olhos é que foram meninas, de 12 e no outro de 13 anos, contra cinco ou seis adolescentes. Existe a agressão física, mas a psicológica é ainda muito maior”, destaca.

Ela compara as duas situações ocorridas com casos de crimes sexuais cometidos por adultos e demonstra preocupação. “Pensando nesse tipo de crime, quando cometido por adulto, é muito raro que aconteça desta maneira, com mais de um autor. Agora, com esses menores, mais do que o instinto sexual, parece que pesa a irresponsabilidade, como se realizassem esses abusos como se fosse uma brincadeira”, lamenta Jaqueline.

Para a delegada, a estrutura da sociedade atualmente tem responsabilidade no que está acontecendo. “Acho que a base de tudo é o atual cenário da sociedade. Os adolescentes estão cada vez mais precoces sexualmente, a educação é descomprometida e são pais que não se preocupam em impor limites. Os jovens vivem nessa rotina de libertinagem, como se vivenciar tudo isso fosse natural. Esse exercício de relações sexuais, tão novos, é considerado por eles como normal”, desabafa.

Um levantamento realizado pela Delegacia da Defesa da Mulher de Sorocaba contabilizando apenas o mês de fevereiro deste ano aponta que, em média, foi registrada uma ocorrência de estupro por dia. “O número é alto, apenas no mês de fevereiro, foram registrados 27 casos de estupro em Sorocaba. E esse número é baseado nas pessoas que nos procuraram e registraram o crime. Podem existir casos que as mulheres não deram queixa”, conta a delegada.

Relacionadas


Parentes de mulheres violentadas e mortas na Paraíba fazem protesto um mês após o crime

Parentes das vítimas do estupro coletivo ocorrido em fevereiro deste ano, durante uma festa de aniversário em Queimadas (PB), realizam nesta segunda-feira (12) um protesto pelas ruas da cidade pedindo justiça e paz. Hoje o crime completa um mês. Em Queimadas, município a 140 quilômetros de João Pessoa, o clima ainda é de tristeza e revolta.

No domingo, os parentes pediram proteção para a realização do protesto. Segundo informações recebidas pela polícia, pessoas ligadas aos acusados dos crimes estariam fazendo ameaças para impedir a manifestação. Nesse domingo (11), uma missa foi realizada em memória da recepcionista Michele Domingos, 29, e da professora Isabela Frazão, 27. Elas foram mortas por terem reconhecido os acusados durante o estupro.

Na semana passada, a Justiça determinou o sequestro de parte dos bens de dois dos dez acusados de envolvimento na tragédia. Os irmãos Luciano e Eduardo dos Santos Pereira terão confiscados dois cavalos de raça, duas motos, dois capacetes, um automóvel Punto ELX e um Hyundai i30. A soma dos bens ultrapassa R$ 200 mil.

Eles serão leiloados, e o dinheiro arrecadado será depositado em uma conta poupança até que o processo seja concluído. A Justiça atendeu ao pedido da família da recepcionista, que era responsável pelo sustento financeiro da casa.

O caso

Além de Michele e Isabela, outras três mulheres foram estupradas. Elas participavam da festa de aniversário de Luciano. Em determinado momento, um grupo (incluindo três adolescentes) invadiu a casa e estuprou as mulheres, poupando apenas as namoradas dos acusados.

Durante a violência sexual, Michele e Isabela reconheceram os criminosos, o que resultou na morte das jovens, as quais foram levadas pelo grupo e assassinadas em via pública.

Como se fossem vítimas, quatro dos acusados procuraram a polícia e disseram que a casa tinha sido invadida por um grupo, que também violentou e matou as mulheres. No entanto, horas depois a polícia desvendou o crime e prendeu sete homens e apreendeu três adolescentes acusados de envolvimento.

Segundo a polícia, o estupro coletivo foi premeditado. Luciano e Eduardo foram presos no velório das vítimas. Eduardo, a propósito, era ex-cunhado da professora Isabela.

No último dia 28, a Justiça recebeu a denúncia apresentada contra o grupo, acusado de estupro, formação de quadrilha, porte ilegal de arma, cárcere privado e lesão corporal. Um dos acusados foi denunciado por todos esses crimes e homicídio doloso, quando há intenção de matar. Ele seria o responsável pelos disparos que mataram a professora e a recepcionista.

Young Woman Raped, Burned, Left for Dead Improving, Doctors Say

The condition of a young woman who was gang-raped, burned and left for dead in a Mykolayiv, Ukraine, construction-site ditch seems to be improving after she was put in an induced coma and moved to a new hospital, doctors say.

The incident, which occurred earlier this month, shocked Ukraine, sparking protests across the country about the way police and prosecutors handled the case. Members of parliament have called for Ukraine to institute the death penalty for the three accused men, and one suggested that the alleged rapists be castrated.

Oksana Makar, 18, said that on March 9, she was invited by two young men, ages 21 and 23, to their friend’s apartment, where the three men allegedly gang-raped her, tried to choke her to death, wrapped her in a sheet, took her to a construction site, dumped her in a pit and set her on fire, according to theKyiv Post.

The next day a man heard moaning coming from the construction site. He saw something moving under a charred sheet, and found Makar barely alive. He called the police, and Makar was rushed to the hospital. Fifty-five percent of her skin is gone, her kidneys were completely burned, and one of her arms and both her feet had to be amputated, according to the Kyiv Post.

She regained consciousness after surgery, but on Friday doctors induced a coma and moved her from a hospital in Mykolayiv to a burn treatment center in Donetsk. Doctors there told the Kviv Post today her condition has stabilized, but her outlook is still uncertain.

After undergoing surgery, Makar recounted what she could remember to the police. The suspects were arrested that day, but two of them were released soon after. A spokeswoman for the Mykolayiv prosecutor’s office said local officials did not have enough evidence to hold them, according to the Kyiv Post, so they were classified as witnesses. The third man, who is 23, was named a suspect.

No one from the prosecutor’s office questioned Makar, saying that she was not conscious, despite the fact that her mother insisted she was awake and able to talk, according to the Kyiv Post.

The young woman gave an interview to Gazeta.ua, in which she discussed the attack and how investigators from the prosecutor’s office finally came to talk to her.

“I remember the bar and how we went to visit. Then I lost consciousness,” In an interview with Gazeta.ua, Makar said. “There was a gap…I remember when I was choked. And when I regained consciousness, I remember myself lying during the night. I thought I would not survive. I could not feel my body. At first, I was screaming for help. But there was nobody there, I began to pray. I thought I had died. I remember it all as if in a fog.”

After Ukraine’s chief police officer, Vitaly Zakharchenko confirmed reports that the two men who were released are the sons of former government officials and a video of one of the suspects calmly describing the attack was posted to YouTube, where it was viewed 100,000 times in the first day, there were protests across the country.

The public outcry reached Ukrainian President Viktor Yanukovych, who ordered General Prosecutor Viktor Pshonka to take charge of the case. On March 13, the two men were arrested, and all three suspects are charged with attempted murder.

The women’s rights group Femen, who stage topless protests against prostitution and sex trafficking, organized a demonstration in front of the General Prosecutors Office of Ukraine in the capital, Kyiv. They chanted “Death to the Sadists!” and “Execute the bastards!”

“If everyone keeps silent, then these men will be free,” said said Inna Shevcenko, one of the participants in the protest.

The Femen activists plan to stage a topless protest in next week in Mykolayiv.

Click here to view photographs of Femen protesters.

“My child has survived. And this is important. Everybody counted on her dying. And that she wouldn’t give evidence. But she survived,” Makar’s mother, Tetyana Surovitska, said in an interview with Gazeta.ua.

“My daughter is only 18. She hasn’t done anything in her life and has already lost everything,” Surovitska told the Kyiv Post. “Now my main aim is to make sure the bastards that hurt her are punished.”

doctors say her condition has stabilized but remains serious. It is still too early to say if she will live, as the young woman is not able to breathe on her own yet.

Mother of one of the suspects who confessed his guilt has recently tried to commit suicide, but was stopped by her other son. The woman believes her son is guilty andwouldn’t leave her house.

Another suspect’s mother has had heart attack after participating in Russian TV-show, talking about the case.

Read more: http://www.kyivpost.com/news/nation/detail/124483/#ixzz1pVSYasNt

Os opostos se atraem…


BANHO DAS MULHERES:
1 . Tira a roupa e coloca no cesto de roupa suja.
2. Vai para o banheiro de roupão.
3. Se cruza com o marido no caminho, cobre o corpo.
4. Pára diante do espelho e analisa o corpo.
5. Força a barriga para fora para poder se queixar que está mais gorda do que realmente está…
6. De costas, empina a bunda para verificar a celulite.
7. Antes de entrar no box, organiza a toalha para o rosto, a toalha para os cabelos e a toalha para o corpo.
8. Lava o cabelo com shampoo.
9. Enxágua longamente.
10. Repete o processo de lavar o cabelo com o shampoo.
11. Enxágua longamente de novo.
12. Enche o cabelo com condicionador e deixa por 15 minutos.
13. Lava o rosto com sabonete esfoliante até que o rosto fique vermelho..
14. Lava o resto do corpo com sabonete hidratante para o corpo.
15. Tira o condicionador do cabelo.
16. Este processo leva 10 minutos. Ela deve estar segura que todo o condicionador foi retirado.
17. Depilação de axilas, pernas e área do biquíni.
18. Desliga a ducha. Escorre toda a água dentro da ducha.
19. Sai da ducha e se seca com uma toalha do tamanho da África Meridional.
20. Enrola uma toalha super absorvente na cabeça.
21. Revisa mais uma vez o corpo em busca de detalhes, empina a bunda para verificar a celulite.
22. Retorna ao quarto com o roupão.
23. Se encontra o marido, se cobre mais ainda e corre para o quarto..
24. Uma hora e quarenta minutos depois, está vestida e pronta.
O BANHO DOS HOMENS:
1. Sentado na cama, vai tirando toda a roupa, arrotando, peidando e jogando tudo no piso em frente.
2. Cheira as meias e a cueca, para após lançá-las sobre o montinho formado.
3. Vai pelado até o banheiro.
4. Se encontra a esposa no caminho, balança o pinto imitando um ventilador.
5. Pára defronte ao espelho para ver o físico.
6. Encolhe a barriga.
7. Faz pose de halterofilista.
8. Checa o tamanho do pinto.
9. Por fim, coça o saco.
10. Entra na ducha.
11. Não se preocupa com toalhas. Se não tiver por ali uma de banho, vai se secar com a de rosto mesmo.
12. Lava o rosto com sabão.
13. Se mata de rir com o eco que faz dentro do box quando peida.
15. No banho, deixa pelos do saco no sabão.
16. Lava o cabelo com qualquer shampoo.
17. Não usa condicionador.
18. Faz um penteado punk.
19. Sai da ducha para ver no espelho como ficou seu penteado punk.
20. Morre de rir.
21. Mija dentro do box.
22. Faz toda a vizinhança ouvir quando assoa o nariz dentro do box.
23. Tira o shampoo e sai imediatamente da ducha.
24. Não se dá conta de que todo o banheiro está molhado pois tomou banho com o box aberto.
25. Quase seco, pára outra vez diante do espelho.
26. Contrai os músculos e revisa o tamanho do pinto.
27. Coça o saco.
28. Sai do banheiro e deixa a luz acesa.
29. Deixa pegadas molhadas com espuma de sabão.
30. Volta para o quarto.
31. Se encontra a esposa no caminho, volta a balançar o pinto, imitando ventilador.
32. Dá um tapa na bunda da esposa.
33. Chuta as roupas que estão no piso do quarto para um canto.
34. Quatro minutos depois está vestido, pronto e perguntando se a esposa ainda vai demorar muito.

A estupidez humana…e seus efeitos nefastos (3)


Nossa, o noticiário ultimamente está digno de um Notícias Populares, aaaffff… 😦

“Uma mulher foi esquartejada e queimada dentro de forno de uma pizzaria, no bairro Barbado, em Cuiabá (MT). A perícia encontrou parte de um brinco, uma corrente feminina e o pedaço de um dedo, com um anel, o que aponta a possibilidade de a vítima ser do sexo feminino.

Além dos pertences, a Polícia Civil soube que o principal suspeito do crime confessou ao pai, que é dono da pizzaria, ter cortado a mulher em três partes, a colocado dentro da fornalha e ateado fogo na lenha.

O crime teria ocorrido por volta das 5h, quando vizinhos à pizzaria Fornalha, na avenida General Mello, região central de Cuiabá, viram o rapaz entrando no local com uma mulher. Cerca de uma hora e meia depois, Weber foi visto saindo do estabelecimento com as roupas sujas de sangue. A PM foi avisada.

Neste meio tempo, vizinhos viram o pai do suposto assassino, que é conhecido apenas por “Chico” entrar na pizzaria e sair, logo em seguida. O comerciante disse que não havia encontrado nenhum corpo dentro do estabelecimento, mas na cozinha havia muito sangue.

A Polícia Militar chegou e isolou o local para o trabalho da Perícia Técnica. Por volta das 10h, eles anunciaram que haviam encontrado um crânio humano, metade carbonizado. Segundo peritos, a identificação oficial da vítima será feita por exames no crânio e também quando o suspeito for preso e indicar quem ele teria assassinado.

O pai do suspeito foi à DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa) por volta das 17 horas. O delegado André Renato Gonçalves foi informado por “Chico”, ainda no local do crime, que o suspeito havia feito uma ligação e confessou o crime, no entanto, não deu detalhes à respeito do nome da vitima e desligou o celular. “Chico” havia acabado de chegar a Cuiabá, já que tinha ido ao velório de sua madrasta no município de Paranatinga (a 320 km de Cuiabá).”

10 dicas


(este texto se refere à já lendária traição masculina, mas creio que sirva para ambos os sexos, em todos os sentidos!)

Existem muitos motivos pelos quais o homem trai. Nunca foi tão difícil manter um relacionamento estável quanto hoje.

pular-cerca Pular a cerca ficou fácil

A tecnologia, a liberação feminina, a cultura de massa, o número maior de mulheres do que o de homens na sociedade, tudo isso colabora de maneira preponderante para que o sujeito acabe dando uma “escorregada”, uma “pulada de cerca”. Coisas que podem abalar ou mesmo destruir um relacionamento.

O homem é vítima de uma sociedade machista que se estruturou em ideais irreais, resultando em homens que não sabem direito o seu papel. Hoje, o que temos aí, são muitos homens com uma auto-imagem fragilizada.

Ser fiel a sua parceira não é e nem será uma coisa que se aprende de uma hora para outra. É um exercício. Um investimento. Requer trabalho. Concentração.

Para ser fiel a uma mulher é preciso antes de tudo amá-la. E amar a si mesmo. Ter conhecimento sobre seu papel na relação e na sociedade. Não há receita pronta nem fórmula mágica. Existem relacionamentos de todos os tipos e maneiras. Cada um afetará de modo diferente o comportamento de ambos.

O que posso dizer apenas é resultado de uma observação de casais amigos e do meu relacionamento com a primeira dama, que vai muito bem em nossos 8 anos de casamento, e 12 anos de relacionamento:

1. Experimente

gemeas Até as gêmeas são diferentes

Cada mulher é diferente da outra. Você nunca vai achar duas iguais. A mulher é um produto direto de outra família. Outra estrutura de amor e poder diferente da sua. Olhando de fora, é incrível que algum casamento possa dar certo. Francamente, as chances de sucesso são mínimas.

Mas em alguns casos dá certo. E isso é o milagre da vida. Para saber se aquela pessoa será uma boa companhia para você, só há um jeito: conviva com ela. Experimente.

Veja como se sente com ela. Este é o momento de testar, experimentar e correr riscos. Quem não corre riscos e não experimenta o suficiente nesta fase da vida, poderá querer fazer isso depois. E isso pode ser bastante desgastante. O problema nesta fase é que as opções são muitas. O cardápio é extremamente variado.

A inexperiência depõe contra você e o resultado é uma confusão mental. Namoros muito longos, quase relações estáveis aos quinze anos. Paixão e amor são coisas parecidas e ao mesmo tempo diferentes. Erre. Esta é sua chance de errar. A grande vantagem da juventude é poder errar. Ter carta branca para cometer todos os erros que puder. Sofra também. O sofrimento te ensinará muitas coisas importantes para o futuro.
A fase da experimentação é muito boa. Talvez por isso, haja tantos “solteiros convictos” tentando manter-se nesta fase pelo resto da vida.

2. Escolha bem

Pense. O que você quer? Ser feliz? Ter prazer? As coisas da vida têm preço. Tem casos em que você se vê entre a cruz e a espada e você precisa avaliar o que tem e o que poderá obter. Muitas vezes vinte minutos ou seis horas de prazer custam caro demais.

O problema é que é difícil pensar nisso quando o tesão se instalou. Eu sei. O homem, mais do que a mulher, é uma criatura imediatista.

3. Escolheu, aproveite

sapatos Escolheu, sai do shopping

Meu pai tem uma metáfora interessante para o casamento. Casar é como comprar um sapato. Você anda, olha vários. Uns bonitos, uns feios. Bonitos desconfortáveis, feios confortáveis, medianos, caros e baratos. Finalmente você escolhe um. Paga e fica feliz com ele cinco minutos. Daí volta a andar na frente das vitrines para ver o que deixou de levar.

Não olhe. Escolheu, retire-se do shopping. Sempre vai ter um sapato melhor do que você escolheu. E se não tiver, você já está com o melhor, então para quê olhar vitrine? O problema com muitas pessoas é que depois de casarem-se ou unirem-se de qualquer maneira, continuam pelas ruas, olhando as vitrines e experimentando outros sapatos. Isso é comum em pessoas com problemas psicológicos.

Tem gente que nunca estará satisfeito com o que tem. A explicação é que essas pessoas buscam lá fora o que desejam ter dentro de si. Dê uma chance a si mesmo para ser feliz e fazer o outro feliz. Escolha seu sapato e fique com ele. Fique feliz. Ou então mude de sapato. Mas mude com convicção.

4. Não se exponha

Quando sai tiroteio no morro, todo mundo se abaixa. As pessoas saem acelerando seus carros na contra-mão. Alguns pulam atrás de muros, escondem-se. O ser humano é esperto. Ele faz isso porque não quer levar um “teco”.

tentação Há quanto tempo, Zé Roberto! Vamos tomar um chopp e colocar o “papo” em dia?…

Agora pense.

Você tem um relacionamento sério com uma pessoa. Surge uma “amiga” que é uma paquera super gostosa da faculdade, que acabou de se separar e te chama para tomar um inocente choppinho depois do trabalho. Você pensa em dizer para sua parceira que vai tomar uma birita com “amigos” depois do expediente.

Isso me soa como um sujeito pintar um alvo no peito e sair saltitando com um megafone gritando: –Atira em mim!” Em mim!!!! – Enquanto pula em pernas de pau, no meio de um tiroteio na favela.

Se você não quer ter aporrinhação, evite a situação. Use a cabeça de cima.

Se for inevitável, use a situação a seu favor. Leve sua parceira e de quebra aquele seu amigo que não arruma namorada. Ela verá seu empenho em manter-se longe das tentações da carne. Quem sabe você até arruma a vida do seu amigo?

Depois que casei, nunca mais fui em uma balada. Isso significa que eu morri? Não. Significa que eu sou inteligente o suficiente para evitar o caminho da tentação. Sei que nas baladas as pessoas estão com a sexualidade à flor da pele. Muitas pessoas estão ali para caçar. “Macaco velho não bota a mão em cumbuca”, sacou?

5. Seja honesto

Ser honesto é admitir sua fraqueza. Admitir que não é o super-homem. O pegador cachorrão. Admita que ama a sua parceira. Caso a ame. Nunca, nunca mesmo, iluda uma mulher nesse aspecto. Você só vai se ferrar.

E empenhe-se, empenhe-se ao máximo para corresponder aos anseios dela dentro dos seus limites. É muito mais difícil conquistar várias vezes uma mesma mulher do que conquistar várias mulheres. Infinitamente mais difícil.

Seja dedicado. Mas não seja um capacho. Não perca o mistério. Mantenha-se fiel e emocionalmente confiável. Isso é muito difícil, mas possível. Não minta. Não seja um covarde. Não seja um canalha. Converse francamente. Pode ser difícil. Homens costumam ter dificuldade em tratar de assuntos excessivamente emocionais.

Eu mesmo tenho um mecanismo de distração bizarro. Se algo me irrita, fico caladão. E dali a dez segundos, vem na minha cabeça uma coisa interessante ou uma idéia incrível de roteiro. É chamado de fuga para a fantasia.

Para as mulheres, o silêncio é uma merda. Elas se sentem ameaçadas por frases lacônicas. Daí vem querendo conversar. Muitas vezes, quando a minha vem querendo conversar, eu já esqueci o motivo da raiva e estou pensando em carros que voam ou raças alienígenas.

Discutir relação é e sempre será um saco. Homens detestam discutir relação. Se você souber levar a vida a dois, não terá que discutir a relação. Se bem que eu não conheço nenhum cara casado que tenha passado incólume a isso. Aceite discutir a relação como um fato da vida. É como trocar o óleo do carro ou dependendo da mulher, limpar a caixa de gordura. É um trabalho sujo, mas alguém tem que fazê-lo.

6. Aceite-a como ela é

Existem casais que separam-se rapidamente após se casarem. Quando indagados sobre a razão da separação, muitos alegam que são “motivos particulares”. “Motivos particulares” costumam ser defeitos graves de caráter.

Em alguns casos, só separando mesmo. Este tipo de problema acontece quando você comete o erro de escolher mal o parceiro. Descobre depois de algum tempo facetas desconhecidas e muitas vezes insuportáveis da personalidade alheia. Não houve período de adaptação.

Isso é diferente de descobrir os pequenos defeitos de seu companheiro(a) e aceitá-los. Todas as pessoas têm defeitos. Não se iluda. Você não vai casar com a Virgem Maria. Sua garota terá problemas. Dê “graças a Deus” se eles não forem muito graves. Aceite sua parceira como ela é.

Veja o lado positivo. Tendemos a ser pessimistas. Só olhamos nossos defeitos (e dos outros). Muitas vezes as qualidades passam batido ao nosso olhar.

É comum ver pessoas (muitas vezes mulheres) que entram num casamento com um discurso pronto. “Sei que beltrano é assim, mas vou consertá-lo”. Para mim, o fato de alguém proferir esta frase ingrata, já liga o alarme de emergência.

Eu cato o meu assento ejetor sob o banco, porque eu sei que isso é a receita da desgraça. Dificilmente uma mulher conserta um homem. O homem é o produto de uma vida inteira. É muita prepotência achar que sozinha ela vai conseguir desentortar o pepino depois de adulto. O que ela vai conseguir é encher o saco dos vizinhos com berros e pratos atingindo a parede no melhor momento das brigas do casal.

Vai virar assunto dos porteiros: “Ih, lá vai a louca ciumenta do 801!”.

7. Pra sempre o escambau!

A gente cresce ouvindo a ladainha no final das histórias infantis de que o príncipe (você) e a princesa (sua parceira) foram felizes para sempre. Essa frase é a maior sacanagem da infância. Milhares de meninas crescem com esta informação introjetada. Elas buscam o príncipe encantado na vida. E o melhor jeito de “chegar junto” nelas é bancando este cara.

pulo O casamento é como esse salto, sem garantias

O problema é que nenhuma relação se sustenta com mentiras e cedo ou tarde ela vai dar de cara com quem realmente ela casou: você! Torça para que neste dia ela esteja de bom humor. Nenhuma relação é para sempre. O “para sempre” não existe. É um delírio ficcional. A realidade é que só Vinícius de Moraes está certo. “Que seja eterno enquanto dure”.

Apenas você e sua parceira podem trabalhar duro para manter acesa esta chama. E isso envolve desviar de fatores externos e internos ao relacionamento. Envolve confiança. Na verdade, o “sempre” depende de um dia após o outro. Dependendo de cada dia, um relacionamento pode durar anos ou acabar em poucos meses. Outra coisa, existem casamentos lentos e rápidos.

Já ouvi pessoas dizerem. “Meu casamento durou seis anos. Não deu certo.” Ora, como não deu?

Casamento é como comer num restaurante.

Tem um restaurante em Portugal onde você passa 12 horas comendo o almoço. Já no Habib´s você pode comer seu almoço em menos de três minutos. Com fome, em dois. E dos dois jeitos você não almoça?

Relacionamentos podem durar muito tempo e serem fracassados. O fracasso está em viver uma vida triste, ao lado de quem você não ama mais. Viver bem um, dois, três, sete dez anos e separar é sucesso. É descobrir que já viveu o que havia para viver ao lado daquela pessoa e dar chance a você e a ela de escrever uma nova história.

Casamento não pode ser prisão, cercado de muros por todos os lados. Se o seu é assim, suba no muro, e ao menos seus olhos sentirão o sabor da liberdade.

8. Dinheiro e Amor

Uma vez meu avô me ensinou a receita para estar casado há mais de 60 anos e feliz. Ele dava e continua dando o dinheiro na mão da minha avó. Só isso.

Eu acreditei. Meu avô nunca gostou de lidar com dinheiro. Existem algumas mulheres que são administradoras natas. Eu dei a sorte de encontrar uma assim. Pego todo dinheiro que eu ganho e dou para ela administrar. Uma vez contei isso para um aluno e ele falou em tom ameaçador: “Cuidado, hein! A mulher com dinheiro pode se sentir superior. Pode “montar”.

E eu fiquei pensando. “Montar”. Que termo curioso. Que figura de linguagem. Imaginei-me um burro com a patroa sentada em cima, batendo com o chicote: “Trabalha vagabundo”!!!

Na realidade o que acontece é um grande auto-conhecimento mútuo. Eu sei que não sou bom com contas. Ela sabe que é. Ela é extremamente esperta na administração financeira. Logo, ela faz isso.

Para muitos homens, entregar a grana na mão da mulher e deixar que ela te dê o dinheiro quando você precisar, significa ter que pedir. Se humilhar. É abrir mão do dinheiro. Do poder. É se ver na situação frágil de dependência do sexo oposto. É estar à mercê da mulher e seus desejos.

Se vocês estão certos sobre seus papéis na relação, ela não fica afetada pelo poder. E nem você dá ataque de “Pit Bicha” por causa disso. Afinal, o dinheiro é dos dois.

Para um homem que paute sua auto-imagem masculina como “o provedor”, o “homem da relação”, aquele que detém o falo, o poder, isso é inaceitável. Geralmente esses caras ficam em parafuso quando a mulher ganha mais que eles.

Muitos homens têm tamanho afeto pelo seu falo social (o dinheiro) que nem contam às esposas quanto eles ganham. A massa das pessoas divide os gastos. Divide o orçamento do lar. O lar já começa dividido. É interessante pensar como algo que comece dividido possa gerar uma união. Eu nunca vi.

Meu avô costuma complementar o discurso de unir o dinheiro do casal numa economia do lar única com a frase: “Mulher de rua não gosta de homem sem dinheiro”.

Bem, naquele tempo dele isso era mesmo um fato. Hoje em dia o mundo está cheio de mulher que paga o motel. Mas elas ainda gostam do dinheiro e não vão ter o menor interesse em alguém que dependa economicamente de outra.

Deixando a grana para minha mulher gerenciar, eu evito dores de cabeça com contas a pagar e posso me concentrar totalmente em granas a receber, que convenhamos, é bem mais interessante. É claro que isso não funciona com toda mulher. Eu dei sorte. Tem uns estrupícios por aí que se você colocar sua grana na mão delas, irão comprar toda a coleção de outono-inverno de bolsas da Luis Vuitton .

Neste caso, volte para a dica 1 e escolha uma mulher melhor. Ou fique sozinho, que é mais jogo. A maior furada que tem é uma mulher consumista.

9. Se dedique

Dedique-se, não empurre seu relacionamento com a barriga. Ele será melhor proporcionalmente à energia que você investir nele. Homens que só pensam em trabalho, mulheres que só pensam em trabalho, não têm como dar certo.

silencio Uma mulher pode ficar doidinha quando o homem se recusa a conversar

Muitos casamentos acabam durante teses de mestrado e doutorado. Justamente o momento em que as pessoas direcionam toda sua energia para uma outra coisa e abandonam o parceiro à sua própria sorte. Nesse aspecto, a traição ocorre com facilidade.

Converse. Uma vez eu fui a um restaurante e como tenho mania de ficar olhando para as pessoas, vi um casal que não se falou durante todo o jantar. Comiam em silêncio. Isso é triste. É impossível para uma mulher sentir-se bem com um homem que não fala com ela.

A mulher, ao contrário do homem, é absurdamente dependente daquilo que ouve. Já o homem é regido pelo que ele vê (isso explica porque revista de homem pelado é comprada por homem gay e não por mulher. Também explica porque uns caras muito feios conseguem mulheres bonitas).

10. Tenha planos

Ter planos em conjunto é parte integrante de uma relação. Você tem que ser amigo, companheiro e cúmplice. E eu chamo de cumplicidade ter planos em comum.

Se vocês juntam grana para comprar um carro novo ou apartamento, é sacanagem o cara pegar esta grana e comprar aquele vídeo-game de última geração sem antes conversar com ela e obter um acordo ou mesmo uma reformulação dos planos. A idéia de “quem tem o dinheiro é que manda” é uma idéia estupidamente separatista.

Não compre carro nem casa nem nada gigantesco que afete seu balanço financeiro familiar sem conversar com sua parceira. Parece bobo e óbvio dizer isso, mas acredite. Estou falando com conhecimento de causa.

casal-velho Para chegar longe, precisam percorrer uma estrada em comum

Há casais nos quais o cara chega em casa com um carro novo que ele escolheu, pegou o dinheiro da poupança dos dois e pagou a entrada. Ele chega em casa e mostra pra esposa que comprou. Dá um bolo de carnês pra ela pagar e ainda se irrita se ela reclama. Ter planos em comum é super legal.

Se você estiver concentrado em obter pontos para os dois, não terá tempo para pensar merda nem ser afetado por lambisgóias aventureiras destruidoras de lares. Acredite, elas existem! Na maioria das vezes são mulheres até bonitas, com uma auto-estima lá na unha do dedo mindinho, que, para obter uma auto-afirmação de seu poder sedutor, ficam jogando charme para homens comprometidos, para tentar abalar a estrutura do relacionamento dele.

Só se dão por satisfeitas quando os homens largam tudo para ficar com elas. O problema é que aí acaba o interesse e elas partem para outro, que seja mais difícil, deixando seu rastro de destruição atrás de si.

Bem, não tenho muito mais o que dizer além disso. Você terá que contar com a sorte em muitos momentos. Uma dica é observar analiticamente a relação de sua sogra com seu sogro. Ela dará algumas pistas de como sua futura esposa poderá ter introjetado a relação marido-mulher.

A história humana tende a se repetir em ciclos. No entanto, isso não significa que a filha de um casal separado invariavelmente naufragará no casamento.Talvez isso até a ajude a compreender os erros mais comuns e não cometê-los. Mas se a sua sogra é uma megera indomável que enfia a pancada no seu sogro, pense bem antes de mergulhar de cabeça nessa família.

Boa sorte.

fonte: http://www.papodehomem.com.br

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

Por que os homens amam as mulheres poderosas (trecho do livro)

Esse link tem alguns (ou melhor, vários :P) problemas…
1- fala que 90% dos homens gostam das poderosas. Pode até ser, mas duvido – uma mulher poderosa, nesse sentido que foi descrita, tratará todo e qualquer homem como absolutamente descartável, pois segue apenas a própria opinião, não liga jamais para o que os outros pensam ou sentem ou desejam, manda e desmanda ao seu bel prazer, exige obediência (e outras coisas mais ;)) e diz e age sempre como lhe convém, ou seja, de modo 100% egoísta. Ter opinião própria/ter a própria cabeça e defendê-la com firmeza, ser um “desafio mental”, não ser obcecada com a aprovação alheia, e não tentar a todo custo sempre agradar e ser capacho, não quer dizer isso que o livro está dizendo…
2- outro equívoco dos mais grosseiros: “demonstra que se ela está com alguém é porque optou por isso.” Eles “só” se esquecem de que relacionamentos são ruas de mão dupla, e de que se ela está com alguém, é porque optou por isso, e TAMBÉM porque o outro optou por estar com ela *rs*

3- mais um: “Mesmo as mulheres poderosas têm seus momentos de fraqueza. A diferença é que elas descobrem suas vulnerabilidades” Achar que vulnerabilidade/”fraqueza” é defeito *rs* O que é legal no ser humano é justamente sua imperfectibilidade! Seria tudo tão chato e previsível se todos fossem perfeitos e “fortes”, e se fossem sempre assim…aaafff…sem contar que não se leva em consideração que, se para algumas pessoas ter uma característica “Xis” é fraqueza ou vulnerabilidade, para outras é ali que reside sua melhor qualidade…

4- outro: “Como não recebeu tudo de graça, ele valoriza muito mais o que conquistou.” Afff!!!!! Que coisa mais..utilitária!!! e machista de se dizer!!!! Quer dizer que é sempre *ELE* que tem que consquistar (e arduamente, após looongos séculos tentando em vão…afinal, ela tem que ser “difícil”, não pode dar bandeira…affff!!!), mas ela não pode tentar conquistá-lo (seja com uma camisola ou com um jantar requintado)? E não se pode dar atenção, ou tentar agradar ninguém sem receber nada (ou pouco) em troca a não ser gratidão?!? Que coisa horrível isso, dizer “como ele não recebeu tudo de graça”…credo! Sem contar que o livro está simplesmente ignorando um preceito básico: quando não se conhece alguém, mas se tem o interesse em passar a conhecer, os primeiros contatos têm que ser, preferencialmente, agradáveis (em um ou mais sentidos) – primeiro porque ninguém gosta de ser destratado; segundo porque, por melhor pessoa que vc. seja, o outro não te conhece, e leva tempo para conhecer alguém; terceiro:  “a primeira impressão é a que fica” – discordo em partes, mas essencialmente, concordo; quarto: que coisa mais interesseira e egoísta essa de “me dê algo que te darei algo em troca”, affff…quer dizer que é sinal de “fraqueza”, de “desespero” ou de “putaria” (“ou ela está desesperada ou vai para a cama com qualquer um”), ou de que ela “não se valoriza suficientemente” quando a moça se arruma, cozinha ou exprime seu desejo sexual?!? E que ela só pode colocar uma roupa sexy, transar ou cozinhar pro cara se ele ficar um tempão no pé dela, tentando “conquistá-la”?!? Arrreeeee….!!!! Odeio livro pseudo-moderninho com mensagens ultra-conservadoras! >: ALIÁS, eles nem falam só em “conquista”, eles falam em “investimento”. INVESTIMENTO!!!! Como se fosse um investimento monetário!!!! arghghghghh!!! “agora é que o jantar é uma resposta a todo o investimento da parte dele.”

5- o livro se contradiz diversas vezes (e só nesse trechinho inicial, hein!, imagine como é o restante!)…por exemplo, diz que a mulher tem que seguir o que sente e o que pensa, mas também diz: “Em geral, as poderosas são aquelas que dão a impressão de não se importar muito.” – ou seja, tanto faz o sentimento real dela, ela pode se importar muito com o cara, mas tem que FINGIR, “dar a impressão de”. Que nojo…odeio joguinhos e manipulações, sobretudo na área amorosa, tratada como se fosse jogo de estratégia – ou, pior, guerra!!! (por isso odeiiiiio aquela frase “No amor e na guerra vale tudo” ughghghghgh) Mas a autora foi esperta, já previu esse argumento e disse, toscamente, “Isso não tem nada a ver com joguinhos de conquista.” ãh-hãh Cláudia, senta lá! 😉

6- A mulher poderosa está disponível algumas vezes, mas outras não. Bem, é meio ÓBVIO que ninguém está SEMPRE disponível. Na vida real é exatamente isso que acontece, dã!! Portanto, colocar isso como um dos paradigmas comportamentais desejáveis para ser considerada “poderosa” é outro indício de dissimulação/fingimento, pois existem *sim* momentos da vida em que estamos plenamente disponíveis. Sem contar que, mesmo não estando, podemos nos fazer disponíveis…ou seja, cada um trata coisas e pessoas com determinado nível de prioridade…mesmo quando não há tempo, mas há vontade, quase sempre se dá um jeitinho de priorizar determinada coisa ou pessoa. E isso deveria ser visto como uma tremenda duma deferência, e não como algo derrogatório, como “capachismo” *rs* Pelo menos é assim que ajo, e sei ser grata e reconhecer nas pessoas que fazem isso por mim também.

7- “Nunca fale sobre a cirurgia plástica que deseja fazer ou o peso que precisa perder”. Ah, claro, porque afinal todo mundo é perfeito!!! E, mesmo quando tem imperfeições, deve tentar ao máximo escondê-las, mesmo se forem tão óbvias quanto o peso corporal (afff…)

8 – “Se você perceber que está sendo modesta, humilde ou qualquer delírio similar, corrija o problema imediatamente” certo, certo…humildade, modéstia e outras características que qualquer um deveria prezar em qualquer um não passam de “problema” a ser “corrigido” ou, pior, “delírio”!!!! *rsrsrs*

9- “Aja como se fosse um prêmio” nossa senhora…além de continuar instigando as mulheres a serem de modo diverso do que são de fato, coisificou legal, hein! PRÊMIO!! É corrida de cavalo?!? hahahahahha

Bom, tem mais, mas melhor parar por aqui. Por outro lado, concordo com muita coisa que está escrita ali, sobretudo a parte que diz que ninguém que se preze permanece com quem sabe que não a/o quer, de não tolerar desrespeito e tudo o mais. Acho que muita gente (não só mulher) deveria ler algumas dessas coisas.

Acho que recorrer à prostituição é o fim da picada, o fundo do poço (tem não só a questão das doenças e da higiene em geral, mas também o princípio da relação comercial…que horrível deve ser…vender o corpo, a própria intimidade…e deixar qualquer um que seja, um estranho que nunca se viu, fazer o que quiser com seu corpo!! Credo. Tenho nojo de quem se vende como mercadoria, e de quem usa o outro como mercadoria – “paguei por ela, posso fazer o que bem entender!” E deve ser brochante pro cara também, porque não tem cumplicidade, nem sedução, nem nada…ele sabe que aquela mulher ali só está arreganhando as pernas por mera obrigação, ou falta de opção, ou para ganhar “dinheiro fácil”, e não porque tem tesão por ele, admira-o por seus dotes intelectuais e/ou físicos, ama-o e quer compartilhar a intimidade mais profunda com ele, nada disso!!!), mas não posso jurar que nunca recorreria a esse expediente se fosse homem 😛 hahahah Provavelmente eu acharia mais fácil e bem menos trabalhoso do que ficar tentando conquistar moças e levá-las para a cama, ainda por cima sabendo que a maioria não está tão interessada assim em sexo, e sim em companheirismo.

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

(Ainda sobre o assunto…)

RELACIONAMENTOS

‘Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim.
Como tudo na vida. Detesto quando escuto aquela conversa:
‘ -Ah,terminei o namoro…
-Nossa, estavam juntos há tanto tempo…..
-Cinco anos…que pena…acabou….
-é…não deu certo…’

Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou.
E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.
Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se
somam.
Às vezes voce não consegue nem dar cem por cento de voce para voce mesmo,
como
cobrar cem por cento do outro?
E não temos essa coisa completa.
Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.
Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.
Tudo junto, não vamos encontrar.
Perceba qual o aspecto mais importante para voce e invista nele.
Pele é um bicho traiçoeiro.
Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é
uma delícia.
E as vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona…
Acho que o beijo é importante…e se o beijo bate…se joga…se não
bate…mais um Martini, por favor…e vá dar uma volta.
Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra.
O outro tem o direito de não te querer.
Não brigue, não ligue, não dê pití.
Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar…. ou não.
Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto. Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a
pessoa
REALMENTE gostar, ela volta.
Nada de drama.
Que graça tem alguém do seu lado sob pressão?
O legal é alguém que está com você, só por você.
E vice versa.
Não fique com alguém por pena.
Ou por medo da solidão.
Nascemos sós. Morremos sós. Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado.
E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu
pensamento.
Tem gente que pula de um romance para o outro.
Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?
Gostar dói.
Muitas vezes voce vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração…..
Faz parte. Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo.
E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse….
A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.
Se alguém vier com este papo, corra, afinal você não é terapeuta.
Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.

Na vida e no amor, não temos garantias.
Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar.
Nem todo beijo é para romancear.
E nem todo sexo bom é para descartar… Ou se apaixonar… Ou se culpar…
Enfim…quem disse que ser adulto é fácil ?????’

“Não tenho objetivo de ‘revelar’ os segredos dos homens, mas, amigos, me desculpem, não se trata de quebrar nosso código de ética. Isso vai ajudar as mulheres a entenderem os homens e, enfim, pararem de tentar nos mudar com métodos ineficazes. Vou começar de sola. Se não estiver preparada nem continue a ler.

E digo com segurança: o que escrevo aqui se aplica a 99,9% dos homens brasileiros (sem medo de errar).

1º) NÃO EXISTE HOMEM FIEL.

Você já pode ter ouvido isso algumas vezes, mas afirmo com propriedade.

Não é desabafo. É palavra de homem que conhece muitos homens e que conhecem, por sua vez, muitas mulheres. Nenhum homem é fiel, mas pode estar fiel, ou porque está apaixonado, algo que não dura muito tempo (no máximo alguns meses – nem se iluda), ou porque está cercado por todos os lados (veremos adiante que não adianta cercá-lo, isso vai se voltar contra você).

A única exceção é o crente extremamente convicto. Se você quer um homem que seja fiel, procure um crente daqueles bitolados, mas agüente as outras conseqüências.

2º) NÃO DESANIME.

O homem é capaz de te trair e de te amar ao mesmo tempo. A traição do homem é hormonal, efêmera, para satisfazer a lascívia. Não é como a da mulher. Mulher tem que admirar para trair; ter algum envolvimento.

O homem só precisa de uma bunda. A mulher precisa de um motivo para trair, o homem precisa de uma mulher.

3º) NÃO FIQUE DESENCANTADA COM A VIDA POR ISSO.

A traição tem seu lado positivo. Até digo, é um mal necessário. O cara que fica cercado, sem trair, é infeliz no casamento, seu desempenho sexual diminui (isso mesmo, o desempenho com a esposa diminui), ele fica mal da cabeça. Entenda de uma vez por todas: homens e mulheres são diferentes. Se quiser alguém que pense como você, vire lésbica (várias já fizeram isso e deu certo), ou case com um veado enrustido que precisa de uma mulher para se enquadrar no modelo social.

Todo ser humano busca a felicidade, a realização. E a realização nada mais é do que a sensação de prazer (isso é química, está tudo no cérebro).

A mulher se realiza satisfazendo o desejo maternal, com a segurança de ter uma família estruturada e saudável, com um bom homem ao lado que a proteja e lhe dê carinho. O homem é mais voltado para a profissão e para a realização pessoal e a realização pessoal dele vem de diversas formas: pode vir com o sentimento de paternidade, com uma família estruturada, etc., mas nunca virá se não puder ter acesso a outras fêmeas e se não puder ter relativo sucesso na profissão.

Se você cercar seu homem (exemplo: mulher que é sócia do marido na empresa), o cara não dá um passo no dia-a-dia (sem ela). Você vai sufocá-lo de tal forma que ele pode até não ter espaço para lhe trair, mas o seu casamento vai durar pouco, ele vai ser gordo (vai buscar a fuga na comida) e vai ser pobre (por que não vai ter a cabeça tranqüila para se desenvolver profissionalmente).

Será um cara sem ambição e sem futuro e você também se prejudicará.

4º) NÃO TENTE MUDAR PARA SEU HOMEM SER FIEL. NÃO ADIANTA.

Silicone, curso de dança sensual, se vestir de enfermeira etc… nada disso vai adiantar. É lógico que quanto mais largada você for, menor a vontade do homem de ficar com você e maior as chances do divórcio. Se for perfeita adiantasse Julia Roberts não tinha casado três vezes.

Até Gisele Bundchen foi largada por Di Caprio; não é você que vai ser diferente (mas é bom não desanimar e sempre dar aquela malhadinha).

O segredo é dar espaço para o homem viajar nos seus desejos (na maioria das vezes, quando ele não está sufocado pela mulher ele nem chega a trair, fica só nas paqueras, troca de olhares). Finja que não sabe que ele dá umas pegadas por fora. Isso é o segredo para um bom casamento. Deixe ele se distrair, todos precisam de lazer.

5º) SE BUSCA O HOMEM PERFEITO, PODE CONTINUAR VENDO NOVELA DAS SEIS.

Eles não existem nesse conceito que você imagina.

Os homens perfeitos de hoje são aqueles bem desenvolvidos profissionalmente, que traem esporadicamente (uma vez a cada dois meses, por exemplo), mas que respeitam a mulher, ou seja, não gastam o dinheiro da família com amantes, não constituem outra família, não traem muitas vezes, não mantêm relações várias vezes com a mesma mulher (para não criar vínculos) e, sobretudo, são muito discretos: não deixam a esposa (e nem ninguém da sua relação, como amigas, familiares, etc., saberem).

Só, e somente só, um amigo ou outro DELE deve saber, faz parte do prazer do homem contar vantagem sexual.

Pegar e não falar para os amigos é pior do que não pegar.

As traições do homem perfeito geralmente são numa escapulida numa boate, ou com uma garota de programa (usando camisinha e sem fazer sexo oral nela), ou mesmo com uma mulher casada de passagem por sua cidade. O homem perfeito nunca trai com mulheres solteiras. Elas são causadoras de problemas.

Isso remete ao próximo tópico.

6º) ESSE TÓPICO NÃO É PARA AS ESPOSAS – É PARA AS SOLTEIRAS OU AMANTES.

Esqueçam de uma vez por todas esse negócio que homem não gosta de mulher fácil. Homem adora mulher fácil. Se ‘der’ de prima então, é o máximo. Todo homem sabe que não existe mulher santa. Se ela está se fazendo de difícil ele parte para outra. A oferta é muito maior do que a procura. O mercado ta cheio de mulher gostosa. O que homem não gosta é de mulher que liga no dia seguinte. Isso não é ser fácil, é ser problemática (mulher problema). Ou, como se diz na gíria, é pepino puro. O fato de você não ligar para o homem e ele gostar de você não quer dizer que foi por você se fazer de difícil, mas sim por não representar ameaça para ele.

Ele vai ficar com tanta simpatia que você pode até conseguir fisgá-lo e roubá-lo da mulher. Ele vai começar a se envolver sem perceber. Ele vai começar a te procurar. Se ele não te procurar era porque ele só queria aquilo mesmo. Parta para outro e deixe esse em standby. Não vá se vingar, você só piora a situação e não lucra nada com isso. Não se sinta usada, você também fez uso do corpo dele – faz parte do jogo; guarde como um momento bom de sua vida.

7º) 90% DOS HOMENS NÃO QUEREM NADA SÉRIO.

Os 10% restantes estão momentaneamente cansados da vida de balada ou estão ficando com má fama por não estarem casados ou enamorados; por isso procuram casamento. Portanto, são máximas as chances do homem mentir em quase tudo que te fala no primeiro encontro (ele só quer te comer, sempre).

Não seja idiota, aproveite o momento, finja que acredita que ele está apaixonado e dê logo para ele (e corra o risco de fisgá-lo) ou então nem saia com ele.

Fazer doce só agrava a situação, estamos em 2012 e não em 1958. Esqueça os conselhos da sua avó, os tempos são outros.

8º) PARA SER UMA BOA ESPOSA E PARA TER UM CASAMENTO PELO RESTO DA VIDA FAÇA O SEGUINTE:

Tente achar o homem perfeito do 5º item, dê espaço para ele. Não o sufoque. Ele precisa de um tempo para sua satisfação. Seja uma boa esposa, mantenha-se bonita, malhe, tenha uma profissão (não seja dona de casa), seja independente e mantenha o clima legal em casa. Nada de sufoco, de ‘conversar sobre a relação’, de ficar mexendo no celular dele, de ficar apertando o cerco, etc.

Você pode até criar ‘muros’ para ele, mas crie muros invisíveis e não muito altos. Se ele perceber ou ficar sem saída, vai sentir-se ameaçado e o casamento vai começar a ruir.

9º) E AS ÚLTIMAS DICAS:

Se você está revoltada por este e-mail, aqui vão alguns conselhos:

Vá tomar uma água e volte para ler com o espírito desarmado.

Se revoltar quanto ao que está escrito não vai resolver nada em sua vida.

Acreditar que o que está aqui é mentira ou exagero pode ser uma boa técnica (iludir-se faz parte da vida, se você é dessas, boa sorte!).

Mas tudo é a pura verdade.

Esqueça as dicas de revistas femininas.

Seu marido/noivo/ namorado te ama, tenha certeza, senão não estaria com você, mas trair é como um remédio; um lubrificante para o motor do carro. Isso é científico, comprovado e imutável.

O homem que você deve buscar para ser feliz é o homem perfeito do item 5º.

Diferente disso ou é crente ou viado ou tem algum trauma (e na maioria dos casos vão ser pobres).

O que você procura pode ser impossível de achar, então, procure algo que pode achar e seja feliz ao invés de passar a vida inteira procurando algo indefectível que nunca vai encontrar.

Lembre-se sempre, você é a única fêmea do reino animal que dá para um macho sem estar no período fértil. O macho, pela sua característica, está sempre no período fértil, sempre pronto pra procriar. Homem trair é coisa natural e a natureza não muda!

Não queira se vingar da natureza traindo ou tentando ser igual ao homem, pois homens e mulheres não são iguais porque a natureza determinou assim. Homem não engravida e não amamenta. Mulher não broxa. Não se trata de justiça ou igualdade. É ASSIM E PRONTO! Os peixes nadam, as aves voam e as cobras rastejam. Não mude a natureza, aceite-a!

Espero ter ajudado em alguma coisa.”

A réplica a isto:

anônimo, meu querido…de que blog mesmo voce tirou esse lenga-lenga sobre os homens !!??
nao adianta voce vir com toda essa defesa sobre a bem sucedida picardia dos homens ..mesmo as mulheres que agem com segurança num relacionamento, que respeitam a individualidade essencial à sobrevivencia do mesmo, que cuidam da aparencia como voce frisou bem ,as que muitas vezes se anulam para dar suporte ao que os homens esperam delas em todos os quesitos da relação, as que procuram crescer aos olhos do amado e do mundo, fazendo tudo para que a sua performance profissional e intelectual sirva de apoio para o que der e vier, sem falar na capacidade que muitas tem de compreender que foram escolhidas justamente por aceitarem o papel (de forma camuflada, é claro..) de mãe substituta da maioria de voces.
Obviamente voce vai negar tudo que tc aqui, mas só uma mulher reconhece o que outra passa…assim como um homem está sempre pronto a defender um outro homem.
Voce esta equivocado quando diz que perseguimos uma perfeição na figura de um homem correto, sincero, amigo, companheiro e blá blá blá….olha, da minha parte procuro sim, alguem que reúna as qualidades básicas que me motive a querer conhece-lo melhor, de preferencia me mostrando principalmente seus defeitos, mas não é bem isso que acontece ne!
Ao que me consta o mundo está em constante evolução, menos a conflitante relação homem-mulher que não muda nunca; parece que nos digladiamos constantemente tentando provar que não precisamos um do outro na verdade, me sinto as vezes num cabo de guerra onde de um lado da corda nós mulheres tentamos manter intacta nossa boa-fé em voces e do outro voces homens, tentando mostrar o tempo todo que são duros na queda e que temos papel ínfimo em importancia na vida de um homem. Hoje em dia está realmente complicado e seria muito melhor se pudessemos ser felizes sem depender de outras pessoas .
Não adianta tanta teoria se podemos chegar a uma só conclusão: não é porque voces traem com tanta disfaçatez e cara de pau que nós mulheres para ser aceitas por voces como companheira temos que aceitar a traição.
Voce afirmou que os homens nunca mudarão e eu te digo que as mulheres tambem nao mudarão sua essencia só para ter um homem do lado, esquecendo as noites de solidão e mentiras proferidas. A traição não faz bem a ninguem, por isso voce diz que não adianta querermos dar o troco…viu como ser corno não agrada a voces ??
Como ousa pensar que temos que fingir não perceber que somos traídas se voces mesmos nos dão pistas desse fato e muitas das vezes nos jogam na cara o fato demonstrando para todos que não estão nem um pouco preocupados conosco e nossos sentimentos e que será melhor se tudo vir as claras e acabar logo com uma relação falida? Isso é humilhar ..pisar …
falo pela minha experiencia real de vida e não tenho muito do que me orgulhar em meus relacionamentos nem dos homens que tive..mas uma certeza eu tenho ..afinei mais a minha percepção do que quero pra mim, estou mais seletiva e tambem percebo que me transformei numa pessoa melhor..
resumindo, costumo dizer que sou “um adorável conjunto dos meus erros e acertos …”

E a tréplica:

tulypa, vc acha que um dia vai encontrar um homem fiel? duvido muito, os que não traem fisicamente, traem em pensamento… fazem amor com a parceira pensando na vizinha gostosa… isso é a lei masculina, não tem como mudar… As mulheres tem 2 opções: 1º aceitar a situaçao e ser feliz(ou tentar ser feliz), como disse no texto anterior, pode sim encontrar um homem maravilhoso, mais que ira te trair com muita descrição!!! 2º Assim como o homem e galinha, as mulheres podem tbem se tornar em uma piranha e trair tbem o seu par,ou ficar com varios… Cada um faz suas escolhas… Tomara que vc encontre um homem diferente de seus instintos… e que se dedique intensamente a uma única mulher, sem se quer olhar e pensar em outra… BOA SORTE!!!

E a réplica à tréplica, de uma terceira pessoa:

leandro 10 comentou no dia 18/jan/2012 às 12:25 am

Anonimo, infelizmente vc não sabe o que é amar de verdade. pois só quem ama ou já amou alguém, sabe como é se dedicar a pessoa amada. Amar é decisão, é acordar todos os dias e dizer: quero amar fulana(o) hoje e sempre!!! Amar é pensar na pessoa o tempo todo, é não abrir nenhuma espaço para que outra pessoa te cante, e se te cantar vc da logo o corte… é sempre estar pensando em co mo melhorar a relação, é se entregar de corpo e alma… Enfim… eu poderia ficar falando varios atos da pessoa que ama, porem seria uma grande perda de tempo, pois somente o dia que vc amar alguém, que ira entender um pouco do que a querida TULYPA e eu disse… Quer um conselho? pare de falar de assuntos que vc nunca viveu, não tem a minima experiência para fazer qualquer tipo comentario. pois acaba falando besteira… viva um amor intensamente primeiro, ai sim depois venha comentar algo. pois os pensamentos que vc colocou ae( nem foi vc que escreveu, esses 2 pensamentos que vc colou no blog, são do grande pensador “ARNALDO JABOR (1940), crítico, cineasta e jornalista carioca”). E se ele escreveu esse pensamento, com certeza ele tinha alguma base para faze-lo. e vc ao republicar esse texto, vc faz sobre que experiência de vida??? a sua???kkkkkhahaha…so rindo mesmo!!!! Então meu querido, vc não tem nem opinião propria… procure descobrir quem vc é primeiro, e depois venha debater os assuntos do blog, com os leitores do diario de solteiro… pois todos aqui tem experiências de vida, e sabem o que estão falando, porque viveram e vivem… vc simplesmente madou muito mal!!!

Katsawa comentou no dia 18/jan/2012 às 12:16 pm

Concordo totalmente com a @Fê e a @Aline Andreotti, para buscarmos um relacionamento devemos estar primeiramente bem conosco e não colocar toda a razão de nossa felicidade no outro.
As mulheres que tem bom humor, são felizes, positivas e estão de bem com a vida, são as que possuem as maiores chances de conquistar um homem de verdade.
Agora @Tulypa não perca seu tempo tentando discutir com o @anonimo, pq assim como existem mulheres com defeito, tb existem homens com defeito na sua escala evolutiva, o importante é não generalizar, quanto mais ignorante o homem (ou a mulher) for, mais próximo estará do instinto animal.
O @anonimo não teve nem capacidade de escrever algo próprio teve que copiar de outros sites (já estou cansado de ler as mesmas besteiras em vários sites), demonstrando total falta de personalidade.
E toda mulher deve saber reconhecer estes tipos que não possuem nada a agregar a relacionamento nenhum (até imagino que um dialogo inteligente não possa sair da boca de nenhum destes).
Não existe sentido na traição, só covardes e promíscuos traem, já que se a relação não está indo bem, não estamos mais amando e começamos a nos interessar por outra pessoa, sempre podemos terminar uma relação falida para buscar algo melhor.
E mulheres, se seus exs, foram sinceros e terminaram a relação, vcs deviam é se sentir aliviadas de ter terminado muito antes de casarem, para não sofrerem mais ainda depois (com um casamento falso e infeliz).O importante é que os dois (homem e mulher) possuam sentimentos fortes e sinceros um pelo outro, se um deixar de amar (ou nunca amou), o melhor é terminar logo mesmo.Relacionamento só vale se for correspondido e verdadeiro.

Tulypa comentou no dia 18/jan/2012 às 7:08 pm

Katsawa, oi querido…
olha, realmente é dificil discutir um assunto tao controverso, de tantas facetas quanto a traição cantada em verso e prosa nos relacionamentos atualmente. Por mim o termo traição não existe, pois quando percebo que algo não está bem no relacionamento, entro num terreno que poucos homens suportam: discutir a relação, mais para entender onde está a brecha e tentar não repetir os mesmos erros; não espero perfeição de ninguem..pelo contrário, pessoas assim me irritam profundamente e me deixam sempre em estado de alerta !!
Não aceito a traição porque não me vejo traindo alguem como válvula de escape, tentando encontrar em outra pessoa o que não encontrei no meu companheiro, essa atitude é cavar um buraco maior pra eu cair dentro dele e seria muito mais facil se os homens falassem o que sentem , pois esperar que a gente advinhe o que os aflige está além de nossa capacidade. Então muitos de voces preferem dar a entender em gestos estudados e frios que não estão mais a fim, do que ter a decencia de falar a verdade na nossa cara…essa moça do post mesmo…ele não precisava deixar chegar a tanto, ela marcar festa, encomendar vestido e buffet além dos convites que foram entregues com bastante antecedencia! Ele teve tempo de sobra para ser homem e não o fez…preferiu fazê-la passar por essa humilhação! O que se ganha sem ser tao FDP nessa vida ???
Sei de uma historia um pouco pior que essa…no dia do casamento o noivo não compareceu na cerimonia, igreja cheia de convidados com cara de tacho..enquanto isso ele encostou um caminhao baú em frente a casa que seria sua nova moradia com a infeliz e otária noiva e literalmente “ROUBOU TUDO DO INTERIOR DA CASA , QUE ESTAVA DEVIDAMENTE mobiliada e decorada e claro..se mandou sem deixar pistas com uma outra moça ! Foi aqui na minha cidade que aconteceu esse fato tao triste…a noiva em questão foi embora pra outra cidade por sentir tanta vergonha ..
Sei que existem exceções, mas tipos assim pode cruzar na vida de qualquer uma de nós mulheres..que Deus me livre !
bjin ta