F#d@-se o cupido!


Hahhahahhhahah minha mãe é um barato – sabendo dos meus fiascos, comprou esse livro para mim, e só a capa já vale! *rs* (o subtítulo do livro é: “guia de meninas atrevidas para pegar caras gatos” kkkkkk!!! Apelativo como eu gosto 😉 )

Muito engraçadinha…espero que o conteúdo seja bom também 😉

Diz a sinopse:

“Há uma regra não escrita em nossa sociedade que diz que toda mulher deve sempre esperar para ser paquerada por um homem. No entanto, diversas moças acham isso ultrapassado e estão dispostas a virar o jogo. O problema é que, por não estarem familiarizadas com essa situação, não sabem muito bem como dar início a uma cantada e, muitas vezes, acabam se dando mal.

F#d@-se o cupido! foi escrito para ajudar essas mulheres, tornando-se um guia para quem cansou de esperar o cupido entrar em ação e resolveu assumir o controle de sua vida amorosa. Relatando seus muitos anos de paquera (incluindo as hilariantes tentativas frustradas), Samantha Scholfield revela as técnicas e estratégias que considera mais úteis para seduzir o pretendente escolhido, além de apresentar métodos infalíveis para iniciar uma conversa a qualquer momento e em qualquer lugar – sem o cara sequer reparar que está sendo cantado.

Entre muitas outras coisas, com F#d@-se o cupido!, as mulheres vão conhecer: o que realmente acontece quando se flerta com um cara; cinco técnicas para melhorar as habilidades de paquera e aumentar sua confiança; 51 lugares perfeitos para conhecer o futuro namorado; tudo sobre linguagem corporal; e como usar essas técnicas em namoros on-line.”

“Escrito para as mulheres que acreditam que não é apenas na carreira que se deve manter as rédeas da situação, F#dA-se o cupido! revela-se o guia definitivo para quem quer tomar a iniciativa e abordar os homens sem se meter em saias justas.
A autora Samantha Scholfield estimula a autoconfiança da leitora oferecendo dicas para criar oportunidades de aproximação sem comprometer a autoestima e o bom humor. A leitora receberá orientações sobre os melhores lugares para fazer suas investidas e ainda aprenderá técnicas em que os homens nem percebem que estão sendo abordados. Com esse livro, as mulheres darão o primeiro passo de uma maneira natural e espontânea, virando o jogo da sedução a favor de todos!”

Promete, promete…! Depois eu conto se é luxo ou lixo 😉

A mulher que vendeu o marido

Esta galeria contém 2 imagens.


(English-speakers, skip the part in portuguese, scroll down to read O’Connor’s short story) Estimada leitora, quanto vale o seu homem? Prezado leitor, em quanto você acha que está cotado? Sei que é muita metafísica para um domingo de maresia e leseira, mas a pergunta procede. É baseada em um “fatos reais” da cidade de Patos, […]

Livros esculturais (ou: deus me livre, a missão!)


(poxa, dá pena de estragar livros assim, a não ser caso eles já estejam arruinados além de qualquer reparação…ou se forem “obras primas” estilo Paulo Coelho, aí sim, eu faria esse tipo de coisa com prazer! *rsrsrsrsrs* Essas fotos curiosas vieram daqui – exceto as do Brian Dettmer, que vieram daqui, óbvio! E a do polvo e da Alice não me lembro de onde peguei, sorry…). Já sabem: basta clicar nas fotos para vê-las no tamanho original (normalmente são bem maiores, mas algumas infelizmente não…). Ah, e se gostam de livros, lembrem-se de visitar o outro post a este respeito, com wallpapers e árvores de Natal feitas de livros *rs*

Guy Laramee já trabalhou como escritor, diretor, compositor, fabricantes de instrumentos musicais, cantor e escultor. Entre seus trabalhos esculturais há duas séries de livros escavados com paisagens: Biblios e The Great Wall, nas quais densas páginas de livros velhos são transformadas para revelar montanhas serenas, platôs e outros cenários idílicos.

The Great Wall

Having recently overthrown the American Empire in the 23rd century, the Chinese Empire set out to chronicle the history of the Great Panics during the 21st and 22nd centuries.

This Herculean undertaking resulted in a historiographical masterwork entitled, The Great Wall. Comprising 100 volumes, this encyclopaedia derives its name from The Great Wall of America, a monumental project to build an impregnable wall around the United States of America so as to protect this land from barbarian invasions. 150 years in the making, this wall ultimately isolated Americans from the rest of the world while sapping the country’s remaining cultural and natural resources. It also undermined the American people’s confidence in systematized hedonism, thus hastening the fall of the American Empire. As we now know this paved the way for China to invade American territory.

The Chinese Empire later ordered a group of scribes to write The Great Wall series. In the course of their duties they familiarized themselves with the libraries of the former USA. Through a strange twist of fate they thereby discovered the ancient sources of their own civilization which the new Middle Kingdom had long ago removed from its libraries. In the end this contact, primarily with Taoism and Chan (Zen) Buddhism, sowed the seeds of the Chinese Empire.

There’s nothing to fear but…(fear itself?)

detalhe da there’s nothing to fear, feita com livros de bolso:

E já que o assunto é livro, não pude deixar de incluir aí embaixo uma estante bem legal 😀