Especial Dia das Mães- Filé de Frango Tangerina com Arroz Selvagem


 

Ingredientes:

• 2 peitos de frango desossados e limpos
• 6 tangerinas/ mexericas rio (aquelas de casca fina e menores que as ponkan)
• 2 colheres (sopa) de amido de milho
• 150 ml de suco de laranja
• Suco de ½ limão
• 1 e  ½  cubo de caldo de galinha
• 4 colheres (sopa) de margarina
• Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo:

– Corte os peitos de frango em filés bem fininhos (se não puder fazer em casa peça no açougue na hora da compra), tempere com sal a pimenta do reino a gosto e reserve.

– Extraia o suco de 5 tangerinas. Descasque a tangerina restante com cuidado para que a casca se mantenha em pedaços grandes e reserve. Retire os caroços e o máximo possível dos fiapos de todos os gomos. Reserve.

– Raspe o interior da casca da tangerina até que todo o bagaço tenha sido removido, até que ela fique cor de laranja dos dois lados. Corte em tiras bem fininhas e regulares. Reserve.

– Em uma frigideira grande de boca larga, derreta a manteiga sem deixá-la ferver. Coloque os filés de frango aos poucos e de forma que todos eles estejam em contato com o fundo da frigideira. Deixe dourar levemente, vire e retire da frigideira. De acordo com a quantidade de frango, repita o processo quantas vezes forem necessárias.

– Com o fogo ainda ligado despeje o suco das tangerinas na frigideira, deixando levantar fervura para que ele se incorpore aos resíduos do frango. Despeje as cascas de tangerina e ferva por alguns instantes. Coloque o limão e o caldo de galinha deixando-o desmanchar completamente.

– Em seguida dissolva o amido de milho em metade do suco de laranja e coloque na frigideira, mexendo sempre até o caldo engrossar levemente. Se preferir um caldo mais denso, acrescente amido de milho. Se preferir mais ralo, acrescente mais suco de laranja*.

– Coloque os filés de frango de volta na frigideira (com o caldo que se juntou a ele desde que terminou de fritar) e ferva por mais alguns instantes para que todos os ingredientes possam se incorporar uns aos outros.

* Dica da chef Renata Abdalla: essa maleabilidade da receita em deixar um molho mais ou menos denso pode – e deve! – ser usada em várias outras receitas cujos molhos contam com liga (farinha, fécula, amido, etc) e caldo (caldos, sucos, vinhos, etc).

Arroz Selvagem
(4 porções)

Ingredientes:
• 1 e ½ xícara de arroz branco (se puder, prefira o parbolizado)
• 1 xícara de arroz selvagem
• ½ xícara de nozes picadas
• 1 xícara de salsinha picada
• ½ xícara de parmesão ralado
• 1 cebola média picadinha
• Óleo para fritar
• 3 xícaras de água fervente
• Sal a gosto

Modo de Preparo:

– Prepare o arroz branco normalmente, colocando 1 colher (sopa) de óleo numa panela junto com a cebola. Deixe dourar e adicione o arroz branco. Frite por alguns instantes, coloque a água fervente e sal a gosto. Cozinhe em fogo brando, com a panela parcialmente tampada, até que esteja macio. Reserve.

– Em uma panela pequena, coloque óleo para fritura funda (pelo menos altura de dois dedos) e leve para aquecer. Quando estiver bem quente, diminua para fogo médio e coloque metade do arroz selvagem com cuidado para não espirrar óleo quente, evitando acidentes. Assim que os grãos do arroz subirem à superfície do óleo, retire com uma escumadeira e descanse sobre papel absorvente. Repita a operação com a outra metade do arroz selvagem e reserve.

– Coloque metade do arroz branco cozido em um recipiente. Adicione metade das nozes, metade da salsinha, metade do parmesão e por último, metade do arroz selvagem. Repita a operação em mais uma camada e misture tudo delicadamente, para que o arroz selvagem não se quebre.

– Sirva quente.

Sugestão da chef Renata Abdalla: além dessa receita harmonizar muito bem como acompanhamento do filé de frango tangerina, experimente servi-la com vários outros pratos (carnes vermelhas, peixes e aves) que contem com molhos no seu preparo. Para receitas mais fortes pode-se adicionar um pouco de alho frito no arroz – principalmente para servir com receitas de carnes de caça temperadas com alecrim. A adição do alho não é aconselhável acompanhar o frango tangerina, pois o molho do frango é muito delicado e tenderá a “sumir” com o sabor forte do alho.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s