Essa história começou muito bem (está em português, apesar desse primeiro parágrafo em inglês). Vamos ver se o cara pára de reclamar que ninguém lê os textos dele e continua a escrever…

䨺龘龒霸津随想録

Dear readers, today I won’t bring you any review, nor opinion, nor anything like that. Hell, it’s not even in English this time! Today I post the prologue of my story, called “Deathspell”. Two things before we go on: it’s in Portuguese, and I am just posting here out of rage. Indeed, I’m raging because no one reads anything I write just because it’s in Portuguese. Even people that can read Portuguese seem to only like stupid Twilight and Harry Potter fanfiction shit. So there, liking it or not, here it goes.

Ver o post original 1.074 mais palavras

Anúncios

25 pensamentos sobre “

  1. Lysferd disse:

    Só precisa comentar o que realmente te agradar; não sou faminto por atenção não. ^^

    • Janus disse:

      Mas o seu texto me agradou (fora essa parte inicial “coitadinho de mim, ninguém me lê” :P), oras! Nunca dou reblog em coisas que não gosto.

      • Lysferd disse:

        Não consigo te levar a sério se você parece mais é estar caçoando de mim. Novamente digo, se não gostou, não recomende. Não obrigo ninguém a ler o que eu escrevo, mas se vai realmente ler, então tem que no mínimo aceitar que eu tenho o direito de blogar o que eu bem entender. Obviamente não estou te “expulsando” ou dizendo para nunca mais ler o que eu posto, apenas que maneire seus modos.

      • Janus disse:

        Cara…eu caçôo inclusive de MIM (vide meu post mais recente). Ah, esquece…eu tô como sono agora, azar se você é sensível demais e ficou magoado com um mero “mimimi” escrito de modo bem-humorado…

      • Lysferd disse:

        Boa noite?

      • Janus disse:

        É, boa noite.

      • Janus disse:

        É, boa noite. Ah, só mais uma coisa: quantos anos você tem?

      • Lysferd disse:

        Quantos tu tem?

      • Lysferd disse:

        Sou 10 anos mais novo.

      • Janus disse:

        Ah, eu também implicava por qualquer coisinha quando tinha essa idade. Se bem que hoje em dia também implico, dependendo do humor 😉 😛 hahahahahh

      • Lysferd disse:

        Haha, claro xD

      • Lysferd disse:

        Off-topic mas, já que você estava tão interessada, eu tenho escrito minha história sim. Tenho apenas 8 páginas do primeiro capítulo, mas de pouco em pouco vou indo.

      • Janus disse:

        Ótimo!!! Compartilhe-as conosco, pois! 🙂 Não tem problema de ter “apenas” 8 páginas – 8 páginas = 8 vezes melhor do que o nada 😉 Sem contar que o mero fato de sentar-se e escrever é muito difícil…sei lá, pelo menos para mim. O começo é sempre a pior parte…uma vez embalado, a coisa costuma ir. Mesmo se no meio empacar, mesmo se no final empacar de novo, sem saber como concluir…tem várias etapas e graus de dificuldade na escrita, mas acho que o primeiro passo é o pior de todos. E, como eles dizem, “toda longa estrada começa com o primeiro passo” (brega, mas verdade :P). E como você escreve para você mesmo, sem ter obrigações a cumprir em termos de escrita, sem ter prazos ou ninguém para dar satisfação, não tem pressa…deve ser bem bacana escrever assim. Quem sabe um dia esse será meu caso também 😉

      • Lysferd disse:

        Você tem prazos e termos de escrita?

      • Janus disse:

        Sim. Estou escrevendo uma tese, e o tempo está quase acabando. Caso não consiga finalizá-la devidamente, minha carreira nesta área terminou, sem contar que terei que devolver integralmente o valor recebido durante todo esse período da bolsa de estudos.

      • Lysferd disse:

        Não sabia que bolsa de estudos era tão rigorosa. Bem, não sei se ajuda em algo, mas nem eu tenho todo tempo que gostaria para escrever. Uma ou duas vezes por mês eu escrevo um pouco, mas é longe do que eu realmente gostaria. Eu queria ser escritor, como profissão mesmo, mas tive que aceitar que tenho que trabalhar em áreas realmente tecnológicas para gerar renda.

      • Janus disse:

        Eu pessoalmente acho ridículo impor prazos a áreas de pesquisa…pesquisa é pesquisa, não se sabe quanto tempo será preciso para desenvolvê-la, terminá-la, ou ao menos chegar a conclusões mais sólidas…mas fazer o quê, eles tratam o conhecimento instrumentalmente, como produtividade em escala industrial *rs* É, ninguém tem $$$ tempo $$$ de se dedicar integralmente à escrita, então é tratada como hobby, ou no máximo algo amador…triste isso! Só poderemos escrever de verdade ao nos aposentarmos?!? *rs* Por isso escolhi a área acadêmica, para poder me dedicar exclusivamente…e mesmo assim, é difícil, como já disse. E vai piorar quando eu voltar a dar aulas (imagina, alguém dando 8 horas de aula por dia, chegando em casa e tendo que preparar as do dia seguinte, corrigir lição de casa, bolar provas…essa rotina tampouco deixa espaço para a escrita). Sugiro que juntemos uma boa grana, e depois de um tempo, mandemos tudo às favas, ao menos temporariamente, e nos dediquemos 100% à escrita enquanto temos a imaginação, energia e ânimo! Meus pais estão aposentados, sempre sonharam escrever…agora que têm tempo, e que juntaram um dinheirinho, não tem saúde nem disposição para isso, que ironia!

      • Lysferd disse:

        A vida gosta de pregar ironias… E o pior é que todo mundo gosta de um “bom livro” (famoso). É só ver Harry Potter ou Crepúsculo; não importa se é bom ou não, o escritor criou fama e deixou de ser um escritor. Ou melhor, se tornou um escritor por ter fama. Eu escrevo poesia há muitos anos mesmo e nunca me deram um título de escritor. Acho que o que realmente te faz um escritor é o dinheiro, não o livro… Porque qualquer um pode escrever e pagar para publicar um livro, até onde eu sei.

      • Janus disse:

        Sim, qualquer um pode escrever. Tanto faz se num blog, num diário próprio que ninguém mais lê, ou escrevendo qualquer coisa e pagando para publicar. Não acho que isso seja ruim…a escrita tem vocação democrática, e isso é muito legal. Até textos ruins têm seu mérito (por exemplo, nos ensinando o que NÃO fazer, ou ensinando-nos a ter critérios mais rígidos e/ou ensinando-nos a apreciar melhor os textos de pessoas mais talentosas :P). O problema é esse que você falou…parece que para ser intitulado “escritor” deve-se ser validado pelo dinheiro (ou fama, que seja). Ridículo isso. Você é escritor. Eu também. E meu amigo que publica sonetos no blog dele também. E minha mãe, o dia que escrever as memórias da família como deseja, também será.

      • Lysferd disse:

        Bem, os tempos mudam naturalmente, e as coisas não serão as mesmas no futuro. Ser um poeta nos dias de hoje é ridículo, ninguém busca poesia. A verdade é que muita gente a escreve mas esconde isto, porque sabe que vão caçoar. Já me olharam torto quando disse que escrevia poesias… acharam que eu era uma bichona. =_= Algumas pessoas são simplesmente incapacitadas de sair da caixinha, e outras são simplesmente incompreendidas. No final, todos acabam seguindo a “regra bãsica” do povo, que, aparentemente, sempre é o dinheiro.

      • Janus disse:

        Triste isso, mas como você mesmo disse, os tempos mudam e as pessoas mudam…nada fica igual, inclusive esse asco e/ou preconceito e/ou pensamento utilitarista com relação a poesia e à literatura em geral…até pouco tempo atrás os poetas eram admirados. Por que não hão de voltar a ser? 😉 Ah, falando nisso, se quiser ler o blog do meu amigo, o endereço é http://sonetosdobraga.wordpress.com/ (ele tem coisas leves e refinadas, outras amargas e vulgares, e outras simplesmente pervertidas hahahahahah)

      • Lysferd disse:

        Pode-se dizer que o blog dele é um soneto até no nome.~

      • Janus disse:

        hahhahahahha, verdade :PPP Gosto bastante desse aqui: http://sonetosdobraga.wordpress.com/2012/04/12/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s