Desabafo de um músico


“Oi Amigos… quem me conhece sabe que poucas vezes escrevo algo no Facebook…os motivos disso são pessoais e não vem ao caso..mas o fato é que, se estou agora as 5:42 da madrugada, depois de dar 9 horas de aula e ainda tocar por mais 3 horas no Crossroads, e não conseguir dormir é porque não consigo segurar mais… preciso por pra fora.
…o fato é que: a cidade que escolhi para criar meus filhos acabou de matar o musico mais talentoso que conheci.
…convivi com o Emerson quando fui contratado pelo meu amigo James Feeler para substitui-lo na Jamute Audio…nas primeiras horas de trabalho pude perceber que eu jamais poderia substitui-lo a altura…nem de longe …porque eu não tinha nem metade do talento, musicalidade, versatilidade, criatividade que ele tinha…mas enfim…lá fui eu tentar me superar mais uma vez..estudei muito pra tentar absorver mais do “swing” do jazz… das sincopes das musica brasileira… do “ataque” do reggae…do piano.. do violão..do cavaco… do bandolim…enfim….dominar a arte como ele dominava…mas, tudo em vão…porque ele era ele….o mais musical que já conheci…e como se não bastasse, o cara era dotado de uma humildade e simplicidade unica…digna de um anjo.
…desculpem a revolta…mas estou indignado, com nojo, vontade de mandar tudo a merda, parar de tocar, pegar minha esposa e filhos e sumir deste mundo.
…não é possível que num mundo porco, injusto, onde os “músicos de quartinho” com seus “improvisos” no youtube tomam conta do mundo da musica, um espirito iluminado e escolhido que transbordava musicalidade
tenha que partir tão cedo por causa do FDP do SUS….eu quero que todos os vereadores, deputados, senadores, prefeitos, governadores, e a senhora “presidenta” vão pra PUTA QUE O PARIU !!!
…vocês mataram o Emerson…e deixaram esta merda de país, que vive o pior momento social, musical e cultural da historia, sem mais um ser humano único em talento e bondade.
…e quer saber?? é por isso que ele foi embora…ele merece um plano melhor.
…fique com Deus meu Amigo.”

Músico morre após esperar um leito por 35 horas em Curitiba

Morte cerebral de Emerson Antoniacomi foi diagnosticada nesta quinta-feira (17). Ele havia sofrido um AVC e esperou horas por atendimento no Centro Municipal de Urgências Médicas do Boa Vista

O músico e produtor Emerson Antoniacomi, 40 anos, morreu na noite desta quinta-feira, dia 17, no Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul, com diagnóstico de morte cerebral. Após passar pelo menos 35 horas esperando no Centro Municipal de Urgências Médicas (CMUM) do Boa Vistapor um leito de UTI, Emerson teve seu quadro agravado e chegou ao hospital com poucas chances de sobrevivência.

Segundo o produtor cultural e amigo Virgílio Milleo, o músico chegou ao estúdio onde trabalhavam para uma reunião na terça-feira, dia 15, à noite e de repente começou a sentir dores de cabeça, pressão baixa e desmaiou. O Samu foi chamado e Emerson foi encaminhado para o CMUM do Boa Vista, onde foi diagnosticado o quadro de acidente vascular cerebral e a necessidade de uma cirurgia de emergência.

Anderson Carlos Antoniacomi, irmão do músico, conta que a família passou todo o dia de quarta-feira buscando uma vaga em hospitais públicos e particulares, enquanto Emerson permanecia internado na unidade 24 horas. Ele alega que a demora em encontrar um leito foi determinante para a morte do irmão.

O assessor especial de gestão do gabinete do prefeito de Curitiba, Matheos Chomatas, reconhece que o tempo de espera foi acima do normal para um caso de AVC. Ele explicou que há falta de leitos na RMC e que o problema é recorrente devido à necessidade de se atender em Curitiba pacientes vindos do interior do estado. “Hoje temos um equilíbrio perigoso, porque temos leitos, mas temos que trabalhar com as carências das demais cidades do estado. Além disso, temos falta de profissionais, o número não é suficiente, principalmente na questão da urgência.”

Chomatas disse que, apesar da demora, o caso de Emerson era aparentemente estável. “Ficamos aguardando uma vaga na UTI e a disponibilidade de um neurocirurgião, o que não aconteceu antes”, disse.

Produtor

Emerson Antoniacomi era conhecido no meio cultural da cidade por sua atuação como produtor cultural de bandas em diversos segmentos. As mais conhecidas são: Regra 4, Namastê, Djambi, Homem Canibal, Arma de Jah, Sinfonética Comunitária Flutuante, entre outros.

Multinstrumentista, Emerson participou de várias dessas bandas tocando baixo, guitarra ou teclado. “Ele contribuiu muito para a música de Curitiba porque era produtor de vários segmentos, muito versátil. Todo mundo ficou carente do trabalho dele. Os músicos ficaram órfãos de um grande músico”, conta Milleo, amigo e sócio em vários projetos.

http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/conteudo.phtml?tl=1&id=1255900&tit=Musico-morre-apos-esperar-um-leito-por-35-horas-em#.T7YOGqtFM3E.facebook

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s