Piada do dia:


http://br.noticias.yahoo.com/juiz-mineiro-dicas-como-despistar-mulher.html

“Quando estiver na casa de uma e a outra ligar para ele, ao invés de falar a verdade, recomendo que diga que está na pescaria com os amigos. Evita briga, litígio, quiproquó e não tem importância nenhuma. Isso não é crime”, disse na ação o juiz Carlos Roberto Loiola, de Divinópolis.

A ação foi promovida por uma mulher que disputa um homem com outra. Ela solicitava indenização por danos morais depois de ter “levado uma surra” da adversária.

Comentário de um imbecil da mesma linha do juiz acima (claro, tinha que ser da mesma raça *rs*):

“Não é crime mesmo, não sei porque tanta celeuma por causa de uma escapada. Mulheres amem e deixem os homens amá-las. Eu desejo várias mulheres e amaria dezenas delas se essas regras morais idiotas não me impedissem. Mulher é tão bom, não dá só para ter uma. Viva o amor livre, muheres não briguem se amem, ou, ao menos, se tolerem (…). Mulheres façam sexo e valorizem menos seu corpo, liberem geral, assim a prostituição e as traições acabam”.

Disputar homem a tapa?? kkkkkkk Tadinha, a mulher em questão (na verdade, AMBAS as mulheres!) é muito ingênua mesmo…primeiro que ela não deveria jamais pensar em bater na outra, e sim no traste. Segundo que o que mais tem é homem à procura de mulher por aí afora – afinal, apesar do número de homens saindo do armário, e do elevado número de mulheres na população, eles vivem levando pés na bunda, um atrás do outro, todos merecidos e atrasados, inclusive (somos tolerantes demais, affff, não sei por que esperar tanto!!). Se um traste não presta, pegue outro traste – inevitavelmente ele também não prestará, mas enquanto for minimamente divertido (e é MESMO sempre o mínimo, afinal eles nem fazem questão de agradar, são trastes, lembra?), pelo menos usou-o de maneira apropriada 😉 Pode inclusive usar vários concomitantemente. Isso não é crime, lembre-se! 😉 Dominação feminina também não é crime – assim que arrumar alguém, a primeira providência a tomar é ir a uma sexshop e comprar um cinto de castidade masculino, uma coleira e um chicote (não daqueles de enfeite, e sim os reais, de couro) – eles têm fetiche com salto alto e/ou com pés, então o método trampling não dá certo, só vai fazê-lo ficar mais excitado, e ele não merece isso. Não deixe para comprar esses itens apenas ao descobrir que ele é traste – porque nesse ponto nem vale a pena (nem gastar dinheiro, nem se desgastar) – tem que haver um trabalho preventivo, entendeu? Ele tem que saber quem manda 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s