Vê se se toca!!!


Outro dia vi na grande mídia médicos alertando a respeito do câncer de mama…até aí, ótimo, quanto mais, melhor! O problema é que eles continuam falando bobagem…você certamente já os ouviu dizendo que as mulheres devem fazer o auto-exame e passar a fazer ultrassom de mamas e mamografia anualmente após os 35/40 anos de idade…a menos que tenham histórico familiar (e eles também quase não mencionam a necessidade de os homens se cuidarem também!!!).

Pois bem. Eu tinha 17 anos e absolutamente nenhum histórico familiar, e um dia constatei um treco gigante no meu peito! As funcionárias dos lugares onde eu ia realizar exames só faltavam me enxotar de lá, todas me dizendo: “O que você está fazendo aqui??? Você é nova demais!” – algumas em tom esbravejante, outras na brincadeira. Nem preciso dizer a cara delas ao constatarem  que eu não estava ali só porque era uma menininha-precoce-fingindo-ser-mulher-ao-brincar-de-mamografia-e-ultrassom. No final das contas, meu cisto foi retirado quando eu tinha 20 anos, e há 2 anos me surgiu um outro (ugh!), mas dessa vez bem menor…em meados deste mês lá vou eu de novo fazer exames para saber como anda a coisa…torçam por mim!

Portanto, garotas, vos digo: fiquem atentas. Vocês têm seios lindos – sejam eles pequenos, médios ou grandes, eles certamente são lindos -, então cuidem bem deles! Sejam amigas do peito😉 (que trocadilho tosco :P) Façam o auto-exame rotineiramente – mas também não precisa ser todo dia, não fiquem neuróticas! (coloquei ilustrações aí embaixo) e peça para seu namorado fazê-lo também (tanto nele próprio como em você, ele vai adorar!😉 hahahahahha) – afinal, todos estão sujeitos a cistos e tumores (benignos ou malignos), inclusive os homens. E façam também o ultrassom de mama (a mamografia não costuma dar muito certo em pacientes mais jovens porque as mamas são densas demais, então às vezes não aparece nada). NÃO ESPEREM ATÉ OS 35/40 ANOS DE IDADE! Se você comentar o assunto com o seu médico e ele te disser que você é nova demais para se preocupar…bem, pode dizer sem receio que tem uma prima que teve um cisto bem novinha *rs*

Quanto ao homem que trata câncer de mama… No geral é um homem de idade mais avançada, na faixa etária de 50 a 60 anos (mas, de novo, doença não pergunta idade! Isso é estatística genérica, e você não é genérico…). Segundo dados de 2002 do Instituto Nacional do Câncer são 250 casos novos em todo Brasil por ano.

Se houve época em que as mulheres não se cuidavam, hoje deveríamos incluir os homens como alvos das nossas campanhas. Ah, aproveito para falar sobre o auto-exame dos testículos também (outra coisa pouco divulgada…). Tirei o texto daqui.

Um auto exame testicular ou auto exame dos testículos acontece quando verifica os testículos à procura de quistos ou outras alterações. Os testículos encontram-se num saco de pele situado por trás do pênis, designado por escroto. A verificação dos testículos pelo menos uma vez por mês ajudará a aprender qual é a sensação normal dos testículos. Ao saber o que é normal, conseguirá detectar quaisquer alterações ou quistos. Os quistos (tumores) surgem com mais frequência em homens com idades entre os 5 e os 35 anos.

É muito importante efectuar um exame testicular com frequência, mas este não substitui o exame efectuado pelo médico. Certifique-se que o médico verifica os seus testículos sempre que fizer um exame médico de rotina. Poderá também pedir-lhe que o ensine a fazer um auto-exame se não tiver a certeza de o estar a fazer corretamente.

Porquê fazê-lo?

A aprendizagem do modo de verificação dos testículos pode salvar-lhe a vida. O cancro dos testículos é um dos mais comuns nos homens com idade inferior a 40 anos. O principal sinal deste cancro é um quisto nos testículos. A melhor forma de curar o cancro é descobri-lo antes deste se disseminar.

Alguns homens não fazem este auto-exame porque afirmam estar “muito ocupados”. Outros afirmam que “não sabem o que estão procurando.” Estas não são razões válidas para não fazer um exame aos testículos. Alguns homens não verificam os seus testículos porque têm medo de encontrar um quisto. A descoberta de um quisto o mais depressa possível é sempre melhor do que descoberta do quisto quando já é tarde demais.

Qual a melhor altura para fazer o auto exame testicular?

Verifique os testículos no mesmo dia, todos os meses. Uma boa altura para verificar os testículos é durante o banho ou ducha. A água quente ajuda o escroto (saco de pele que segura os testículos) a relaxar.”

PS – enquanto estava procurando ilustrações, achei um sobre auto-exame bucal – como é sempre útil saber dessas coisas (uma vez percebi um troço estranho na minha boca e saí correndo para a dentista, que me elogiou dizendo que a maioria das pessoas nem dá a devida atenção a essas coisas até que seja tarde…ou seja, é melhor ser considerado hipocondríaco, ir ao médico e constatar não ser nada de grave e dar risada a respeito disso, do que estar doente e nem ficar sabendo…), lá vai a figurinha da boca (que não é a bocona dos Stones, infelizmente :P) também!

PS – Engraçado, escrevi isso ontem e hoje li uma notícia relacionada ao assunto…vejam só:

Mamografia anual pode dar diagnóstico exagerado

Até 25% das mulheres nas quais o teste acha câncer não precisariam ser tratadas

Para especialistas do Brasil, resultado de estudo não deve alterar o protocolo sobre mamografia no país

SABINE RIGHETTI
DE SÃO PAULO

Até um quarto dos casos de câncer de mama diagnosticados por mamografia não se desenvolveriam e não precisariam de tratamento, mostra um estudo da Universidade Harvard (EUA) conduzido com mulheres da Noruega.

Isso acontece porque esse tipo de exame de imagem detecta tumores muito precocemente -incluindo aqueles que levariam muitos anos ou décadas para progredir.

Com isso, até 25% das mulheres que recebem o diagnóstico da doença na Noruega são submetidas a tratamentos contra o câncer, como quimioterapia, sem necessidade.

“Os radiologistas estão sendo treinados para detectar o menor câncer possível. Mas isso leva ao diagnóstico de tumores que não têm sintomas e nem risco de morte”, diz o norueguês líder da pesquisa, Mette Kalager.

Kaleguer e colegas, no entanto, não têm sugestões de como deveria ser feito o diagnóstico do câncer de mama.

“Mas nós temos uma obrigação ética de avisar as mulheres que esse fenômeno [o sobrediagnóstico] existe”, escreveram os médicos Joann Elmore e Suzanne Fletcher no editorial da revista “Annals of Internal Medicine”, onde o estudo foi publicado ontem.

OS OLHOS NÃO VEEM

Os pesquisadores compararam dois grupos de norueguesas com câncer de mama de 1996 a 2005. As participantes tinham de 50 a 69 anos -idade em que a mamografia é indicada no país. Um grupo fazia anualmente a mamografia e o outro tinha mulheres que não faziam o exame.

Os pesquisadores notaram um aumento de 15% a 25% no diagnóstico de câncer das mulheres com mamografia.

O exame evita a morte de uma em cada 2.500 mulheres que o realizam. Mas, por outro lado, submete de seis a dez delas a tratamento desnecessário contra câncer.

“Esse estudo gera hipóteses. Mas o resultado não muda as recomendações sobre mamografia”, diz o oncologista do Icesp (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octavio Frias de Oliveira), Max Mano. No Brasil, o Inca (Instituto Nacional de Câncer) recomenda que o exame anual comece aos 40.

No entanto, de acordo com Maira Caleffi, presidente da Femama (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama), apenas 50% das brasileiras em idade de risco têm acesso ao exame no país.

“Ainda temos um índice de mortalidade crescente por câncer de mama. Temos de convencer as pacientes a fazerem a mamografia, mesmo correndo o risco de sobrediagnóstico”, disse Caleffi.

“Pela biópsia dá para ter uma ideia de se o tumor vai se desenvolver em dias ou em anos. Mas o tumor pode agir de maneira diferente do esperado”, diz Max Mano.

O debate acerca do excesso de diagnóstico não é novo e nem exclusivo do câncer de mama. No ano passado, um grupo britânico constatou o sobrediagnóstico de câncer de próstata naquele país.”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s