A estupidez humana…e seus efeitos nefastos (4)


Quando leio coisas assim me dá um misto de revolta e ânsia de vômito…covardia pouca é bobagem, né?!? PORRA!!!!!! NOVE caras contra duas moças?!? Ah, vão se ferrar…clamo por pena de morte em casos como este!, me desculpem a franqueza e o tom datenista, mas pqp, é a única coisa que caras assim merecem!!!!!! Prisão…grrraaaaande punição…uaaaauuu…vão ficar alguns dias e ser soltos por não terem antecedentes criminais, ou por bom comportamento…é piada esse nosso sistema judiciário!

A polícia da Paraíba prendeu na noite deste domingo (12) nove homens suspeitos de terem invadido, mascarados, uma festa de aniversário e estuprado e matado duas mulheres em Queimadas (130 km de João Pessoa), na madrugada do último sábado para domingo. O grupo, segundo a polícia, teria sido contratado por dois irmãos que promoveram a festa.

Conforme informações do comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Souza Neto, as duas mulheres teriam sido mortas porque reconheceram alguns dos criminosos.

Os irmãos, identificados como Eduardo e Luciano, foram presos no velório das vítimas. Horas antes, uma operação da PM prendeu outros sete suspeitos de cometer os crimes. Com o grupo, a polícia encontrou as armas e as máscaras, bem como um carro importado e uma moto.

A barbárie

Na madrugada de sábado para domingo, um grupo de seis homens encapuzados invadiu uma festa de aniversário, fez os convidados reféns, estuprou as mulheres que estavam na casa e depois fugiram, levando duas delas.

As mulheres foram mortas minutos depois. A primeira, a recepcionista Michele Domingos da Silva, 29 anos, pulou do carro em movimento, mas foi morta com quatro tiros. A recepcionista Jussara Monteiro, 27 anos, teve os pés e as mãos amordaçadas e também morreu atingida com tiros.

&&&&

Editado: foram SEIS moças estupradas. PRESENTE DE ANIVERSÁRIO?!?!?!? Nossa, quanto mais ouço, mais nojo me dá. Vou parar de ler e ouvir notícias.

Polícia diz que nove suspeitos de estupro na PB confessaram

Nove suspeitos de estuprar seis mulheres e matar duas delas em Queimadas, na Paraíba, confessaram participação no crime, disse a Polícia Civil.

Polícia prende suspeitos de estupro coletivo e assassinato na PB

A delegada titular da Delegacia de Homicídios de Campina Grande, Cassandra Duarte, afirmou que só o rapaz que teria ganho os estupros como “presente de aniversário” negou envolvimento.

Três adolescentes foram encaminhados a abrigos na região de Campina Grande; os outros sete estão em presídios de João Pessoa.

Felipe Câmara, advogado de um dos suspeitos, Jacó de Sousa, 18, disse que seu cliente confirmou participação.

“Ele disse que não teve ligação direta com as mortes, mas confirmou todo o plano arquitetado para abusar sexualmente das vítimas e que participou do estupro”, disse Câmara.

A Delegacia de Homicídios em Campina Grande disse que os outros suspeitos ainda não possuem advogado.

As seis mulheres foram violentadas –e duas delas mortas– durante uma festa de aniversário realizada na madrugada do domingo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s